Após receber mais de 3.500 votos, eleição dos melhores do ano do Pepac prossegue até sexta-feira

volei menores e master
Troféu será entregue aos melhores do torneio

Não deixe para depois, vote nos seus atletas e técnicos favoritos dos torneios de 2015 do Pepac (Programa Esportivo para Associados de Clubes).

Até sexta-feira (4/12) ainda é possível escolher, através de votação online, os melhores do vôlei menores, melhores do vôlei máster e melhores do futsal.

Ao todo, já foram mais de 3.500 votos. Participe!

Os atletas premiados das categorias vôlei menores e futsal receberão troféus e o técnico eleito dessas modalidades, além do máster, uma placa de reconhecimento.

Essa é uma iniciativa inédita do Pepac, o maior torneio interclubes do país, realizado pelo Sindi-Clube, e mais uma oportunidade para prestigiar os profissionais e participantes.

Concorrentes animadas no vôlei

As atletas que concorrem ao prêmio de melhor do ano nas categorias do vôlei ficaram entusiasmadas com a novidade do Pepac.

Maria Isabel Betruce
Maria Isabel Betruce

Maria Isabel Betruce, atleta do Sport Clube Corinthians Paulista, concorre na categoria infantil e enaltece a importância dessa iniciativa.

“É algo bem legal ter um prêmio que não só reconhece seu trabalho, mas te incentiva a treinar e se esforçar cada vez mais”, explica.

Ana Paula Dantas
Ana Paula Dantas

Já Ana Paula Dantas, da Associação Multi Força Guarulhos, também indicada no infantil, conta seu segredo para chegar entre as três melhores.

“Tenho muita concentração, atitude, determinação e força de vontade na hora de jogar. Isso é essencial, ainda mais para mim, pois pretendo continuar no vôlei e me profissionalizar”, comenta.

Os técnicos também participam da disputa. Ana Maria Prior, técnica do Clube Atlético Ypiranga na categoria menores, ficou surpresa com a indicação.

“É uma honra muito grande. Trabalho há anos aqui, mas tem gente muito mais experiente que eu, por isso não esperava. Tento sempre agregar valores pessoais aos conhecimentos técnicos, acredito que esse é o segredo”, pressupõe.

 

Atletas do futsal estão empolgados

No futsal, os jogadores também estão alegres com as indicações.

Gustavo Costenaro
Gustavo Costenaro

Gustavo Costenaro, atleta do Clube Atlético Ypiranga que está na disputa pelo sub-11, fala que o bom desempenho é fruto de muita dedicação.

“Estou feliz por concorrer. Jogo bola desde os cinco anos e treino muito, quase todos os dias, pois quero ser jogador profissional”, afirma o garoto.

Pedro Henrique Kamada, do Ipê Clube, é artilheiro do sub-9 no torneio e acredita que a competição pelo prêmio será acirrada.

Bruno Andreozzi
Bruno Andreozzi

“É difícil, os outros também são muito bons e merecem, mas isso acaba me motivando a tentar ser melhor ainda”.

Para Bruno Andreozzi, da Associação Brasileira “A Hebraica” de São Paulo, o reconhecimento é fruto do trabalho em equipe.

“Fico muito feliz de concorrer, ainda mais em um campeonato importante, mas eu não seria nada sem meus companheiros de time. Se eu fiz 32 gols esse ano foi com a ajuda deles e quero agradecer todo mundo”, ressalta.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Quem são os melhores atletas e quem é o técnico do ano do Pepac? Vote em enquete e responda

volei menores e master
Melhores do Pepac receberão troféus

Como parte do encerramento dos torneios de 2015, o Pepac (Programa Esportivo para Associados de Clubes) vai eleger os melhores atletas e o melhor técnico do ano.

E quem vai escolher é você, em votação online:

Melhores  do vôlei menores

Melhores do vôlei máster

Melhores do futsal

Os atletas premiados das categorias vôlei menores e futsal receberão troféus e o técnico eleito dessas modalidades, além do máster, uma placa de reconhecimento.

Essa é uma iniciativa inédita do Pepac, o maior torneio interclubes do país, realizado pelo Sindi-Clube, e mais uma oportunidade para prestigiar os profissionais e participantes.

A votação fica disponível até o dia 4 de dezembro. Participe!

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

 

Jogadoras do vôlei máster: festa de premiação está chegando e já tem local definido!

Sindiclube - Pepac 2010 - EC Pinheiros - 14/12/10 - Foto: Miguel Schincariol/Perspectiva
Jogadoras de vôlei: sempre animadas na festa de premiação

A tão esperada festa para entrega de troféus e medalhas, realizada pelo Pepac (Programa Esportivo para Associados de Clubes) para as jogadoras participantes do campeonato de vôlei máster feminino, já tem data e local definidos.

A 17ª edição da comemoração será feita no Salão Social do Circulo Militar de São Paulo (Rua Abílio Soares, 1.589, Capital), em 15 de dezembro, às 20h.

Realizado desde 1999, o evento tornou-se muito mais que uma diversão para as associadas de clubes que disputam o torneio organizado pelo Sindi-Clube, é também uma tradição.

As atletas, que nas edições anteriores dançaram até madrugar terão mais uma vez a oportunidade para celebrar as conquistas do campeonato disputado durante todo o ano de 2015.

E foi uma longa competição.

No vôlei máster, as 1.390 jogadoras, das 103 equipes pertencentes a 33 clubes, terão disputado, de março a dezembro, um total de 852 jogos – 675 na fase inicial e 177 na final.

Ao todo, contando as três modalidades (futsal, vôlei e handebol), o Pepac teve este ano com 3.611 atletas inscritos, que integram as 236 equipes de 47 clubes da capital, Grande São Paulo e interior.

Os números grandiosos explicam por que o Pepac é o maior torneio interclubes do país.

No jantar dançante, são esperadas 800 participantes, que sempre impressionam pela animação.

A festa é restrita aos inscritos desta modalidade.

Confira aqui as fotos da última edição da festa.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Vôlei máster do Pepac cria laços de amizade e de união

IMG_4069 post

As jogadoras de vôlei máster do Pepac dedicam um especial carinho ao torneio que reúne atletas com mais de 30 anos e faz da categoria um sucesso de participação, com mais de mil inscritas.

Foram as participantes do máster feminino que deram origem ao Pepac, em 1998.

Trata-se de amor sempre renovado ao vôlei, em 17 anos de disputas.

No jogo entre Círculo Militar e Juventus, em que as visitantes se saíram vitoriosas por 3 a 0 (21/6, 21/19, 21/16), não foi difícil obter das jogadoras definições que explicam o êxito da competição.

IMG_4388
Dora: amizades fora da quadra

“O lema da nossa equipe é a união, sempre nos ajudamos. Quando uma está triste, levantamos o astral e estamos sempre ligadas. Jogamos juntas há anos e isso fez com quem criássemos laços de amizade fora da quadra. Saímos sempre para tomar uma cervejinha, passear, conversar e rir”, conta Dora Buzzoni, jogadora do Juventus, que é técnica de serviços administrativos da Sabesp.

IMG_4373
Paula: jogadoras unidas

Paula Mônaco, capitã do Círculo Militar e empresária, observa que o sentimento afetuoso que existe é algo comum nas equipes femininas máster.

“Jogo vôlei há 26 anos e estou nessa equipe há seis. Sempre nos incentivamos e isso ajuda na quadra, pois fica mais fácil jogar. Somos unidas, saímos muito depois de treinos e jogos para confraternizar”, explica.

Dora também vê outros benefícios no Pepac.

“Eu sempre participei do Pepac, pois é o melhor campeonato. É a minha prioridade. Sem falar que ele ajuda na saúde também, pois sempre entramos em forma no período de disputa do campeonato”, diz.

Paula observa que a dedicação ao torneio exige organização nas atividades do dia a dia.

“É bem difícil conciliar a rotina da família e do trabalho com a de treinos. Mas eu preciso de um tempo só para mim, então a gente corre durante o dia para poder treinar à noite. Minha família é formada por atletas, então, são bem compreensivos com isso”, afirma.

Técnicos elogiam

IMG_4379
Jacó: competição longa favorece preparação

Os técnicos das equipes também elogiam o torneio.

“São 17 anos disputando o Pepac, estou nele desde que começou. Gosto porque é uma competição longa que ajuda as equipes a melhorar e crescer ao longo do ano”, afirma Jacó de Paula, técnico do Juventus.

IMG_4354
Passos: campeonato bem organizado

Moacir Passos, treinador do Círculo Militar, também ressalta a vantagem da extensão do Pepac.

“É um campeonato bem organizado e, por ser de longa duração, nos ajuda a fazer um planejamento adequado, com fases distintas de preparação. Começamos levemente e temos o pico de treinamento no fim do ano, quando chegam as disputas finais. Isso é importante para o preparo físico das jogadoras”, explica.

E as moças tem que provar dedicação. “Nós treinamos três vezes por semana, das 21h às 23h. É corrido, temos que conciliar trabalho e família com os treinos, mas conseguir a vitória recompensa esse esforço”, diz Jacó.

Festa do vôlei feminino será no Círculo Militar

A tradicional festa de premiação do vôlei máster feminino do Pepac já tem data e local: será feita na noite de 15 de dezembro, no salão de festas do Círculo Militar de São Paulo.

Durante um jantar dançante, sempre muito animado, serão entregues os troféus e medalhas às jogadoras e técnicos das equipes participantes

Sindiclube - Pepac 2010 - EC Pinheiros - 14/12/10 - Foto: Miguel Schincariol/Perspectiva

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Conheça as modalidades olímpicas: vôlei

Seleção masculina: prata no Pan. (Foto: CBV)
Seleção masculina: prata no Pan. (Foto: CBV)

O Brasil fechou os Jogos Pan-Americanos com duas pratas no vôlei.

A seleção feminina perdeu a final para os Estados Unidos por três sets a zero e não conseguiu conquistar o tão sonhado bicampeonato.

Ao todo, as mulheres já conquistaram quatro ouros, três pratas e dois bronzes na história da competição.

Os homens também ficaram com a prata, ao serem derrotados pela Argentina no tie-break. A derrota por 3 a 2 acabou com a esperança brasileira de faturar a medalha dourada pela terceira vez seguida.

Essa foi a 15º medalha da seleção masculina em Pan-Americanos. A equipe brasileira já havia conquistado quatro ouros, seis pratas e quatro bronzes em edições anteriores.

O vôlei brasileiro é uma das modalidades que mais ganham medalhas para o país. As duas seleções foram ouro nos Jogos Olímpicos em Pequim, 2008 e em Londres, 2012, e defenderão o tricampeonato olímpico em casa.

Hoje, no ranking mundial, o Brasil é líder no masculino e vice-líder no feminino.

Os diversos títulos não só enalteceram o vôlei, mas também aumentaram o número de torcedores e fizeram com que ambas as equipes sejam sempre esperança de conquistas.

 Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Pepac 2015 realiza congressos técnicos

Vôlei, futsal e handebol definem regras do torneio
Vôlei, futsal e handebol definem regras do torneio

O Pepac (Programa Esportivo para Associados de Clubes) realiza neste sábado (28/2), a partir das 13h30, congressos técnicos das modalidades de vôlei (adulto e máster), futsal e handebol.

O encontro dos técnicos e coordenadores das equipes será feito na sede do Sindi-Clube.

A reunião vai definir os clubes participantes, tabela de jogos e regulamentos.

Os jogos começarão a ser disputados na primeira quinzena de março e se estenderão até o início de dezembro.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Pepac 2015 realiza os primeiros congressos técnicos

Vôlei terá duas reuniões técnicas
Vôlei terá duas reuniões técnicas

O Pepac (Programa Esportivo para Associados de Clubes) realiza na próxima semana congressos técnicos que vão definir, entre outros itens, calendário e regras dos jogos que terão início em abril.

As reuniões serão feitas na sede do Sindi-Clube

Em 6 de fevereiro, às 16h, haverá o encontro dos técnicos da modalidade de futsal.

No dia seguinte (7/2), a modalidade de vôlei vai ter duas reuniões: às 14h, com coordenadores das categorias adulto e máster e, em seguida, às 16h, os preparadores da categoria menores definem formas de disputa do torneio.

Os técnicos de handebol têm programado seu congresso para 28 de fevereiro, às 13h30.

A expectativa para o Pepac 2015 é de crescimento no número de clubes, atletas inscritos e de jogos.

Em 2014, de abril a dezembro, participaram da competição 54 clubes, 241 equipes, 3.723 atletas, que realizaram 2.115 jogos, no maior torneio interclubes do país.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Vôlei feminino movimenta fim de semana do Pepac

Penha bate Sabavim por 3x0
Penha bate Sabavim por 3×0

O Pepac (Programa Esportivo para Associados de Clube) está encerrando a fase classificatória, antes dos jogos finais, no mês de outubro.

Um dos últimos confrontos do vôlei feminino foi disputado sábado (27/9), pela categoria D2, em que o Clube Esportivo da Penha recebeu o Sabavim e ganhou por 3 sets a 0.

Neste ano, foram disputados 1.141 jogos de vôlei, que é a principal modalidade do Pepac e reúne a participação de 2.289 atletas, de 47 clubes.

Além do vôlei, o Pepac tem torneios de futsal e handebol, com jogos que começaram a ser disputados no início do ano.

Confira o resumo do jogo:

1º set: a partida começou acirrada e ficou empatada durante a sua maior parte, com as jogadoras motivando umas as outras. No final, o Penha abriu vantagem em cima dos erros do Sabavim e ganhou o primeiro set por 21 a 15.

2º set: o Penha comandou o início do jogo. Sabavim começou a pontuar e ameaçou uma aproximação, mas o adversário reabriu grande vantagem e venceu novamente, dessa vez por 21 a 10.

3º set: no último set, o Penha logo abriu 7 pontos. O Sabavim tentou uma reação e conseguiu se aproximar, mesmo assim o Penha venceu por 21 a 15, levando o jogo.

Resultado final: Penha 3×0 Sabavim

Veja na página do Facebook do Sindi-Clube as fotos do jogo.

Inscrições para associados de clubes no Pepac vão até setembro

Pepac modalidades
Vão até setembro as inscrições para o campeonato de vôlei, futsal e handebol do Pepac (Programa Esportivo para Associados de Clubes), que está mais movimentado pelo crescimento do número de equipes e clubes participantes.

Disputado anualmente, é a maior e a mais bem organizada competição interclubes do país.

Em sua 16ª edição, já conta com a participação de 241 equipes de 54 clubes de São Paulo, Grande São Paulo e Interior, com mais de mais 3.400 atletas inscritos.

Neste ano, são 165 times de vôlei, 65 de futsal e 11 de handebol, sendo três deles masculinos, categoria que não havia no ano passado.

O Pepac é uma competição mantida pelo Sindi-Clube, especialmente dedicada aos associados não federados de clubes. Mais informações: (11) 5054-5464.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

 

Futsal e vôlei movimentam o fim de semana do Pepac

voleib

Serão realizados neste fim de semana 41 jogos na disputa do Pepac (Programa Esportivo para Associados de Clubes), sendo 25 jogos de futsal e 16 de vôlei. Veja aqui a tabela completa.

Até outubro, na primeira fase, serão disputados 1.649 jogos.

No futsal haverá 1.135 partidas de futsal e 514 no vôlei.

Futsal 1

O torneio se encerra com os jogos finais, em dezembro.

O Pepac é o maior torneio interclubes do País.

Em 2013, foram realizados mais de 2 mil jogos, com participação de 3.664 atletas divididos em 235 equipes, de 51 clubes de São Paulo, Grande São Paulo e Interior.

A competição é mantida pelo Sindi-Clube, especialmente dedicada a associados não federados de clubes.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.