Felipe Wu conquista o ouro na Copa do Mundo de tiro esportivo

Wu (centro): vitória no circuito mundial (Foto: ISSF/Divulgação)
Wu (centro): vitória no circuito mundial (Foto: ISSF/Divulgação)

O brasileiro Felipe Wu ganhou, no último sábado (25/6), o título da prova de pistola de 10m na etapa de Baku (Azerbaijão) do Circuito Mundial, último grande evento antes da Olimpíada do Rio de Janeiro.

Para vencer a competição, Wu teve de se recuperar nas eliminatórias, quando ficou em sétimo lugar com 580 pontos, a um de não passar para a decisão.

A medalha de prata foi para o indiano Jitu Rai, enquanto o bronze foi conquistado pelo atual campeão olímpico da prova, o coreano  Jing Jong-oh. Julio Almeida, outro brasileiro na competição, terminou em quarto.

Mesmo tendo ficado de fora do evento-teste, disputado no Rio de Janeiro, essa foi a segunda medalha de ouro do brasileiro, no ano.

Em março, Felipe obteve o título na Tailândia, o que fez com que pulasse para a primeira posição do ranking, na época.

Com esse resultado, Felipe Wu  classificou-se para participar da Grande Final ISSF, que será disputada na cidade de Bologna, Itália, no mês de outubro.

A prova da pistola de 10m é logo no primeiro dia dos Jogos, em 6 de agosto.

Visite o portal  e curta a página do SINDI-CLUBE no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube

Boxe brasileiro garante oitava vaga para a Olimpíada do Rio

Nogueira (dir.): vaga garantida
Nogueira (dir.): vaga garantida

Juan Nogueira, categoria até 91kg, conquistou bronze no Pré-Olimpíco das Américas, realizado no último domingo (20/3), em Buenos Aires, Argentina.

O brasileiro derrotou o americano Cam Awesome, por decisão de dois dos três juízes, e conquistou uma vaga para a Olimpíada do Rio, em agosto.

Além de Juan, outros sete atletas estão classificados para a competição: Adriana Araújo, na categoria leve (60 kg), Patrick Lourenço, mosca ligeiro (49 kg), Julião Neto, mosca (52 kg), Robenilson de Jesus, galo (56 kg), Robson Conceição, leve (60 kg), Joedison Teixeira meio médio ligeiro (64kg), e Michel Borges, meio pesado (81kg).

Ainda restam duas opções para os boxeadores que não têm participação garantida nos Jogos Olímpicos.

Em maio, as mulheres disputarão o Campeonato Mundial de Boxe Feminino, no Cazaquistão. Os homens terão outra oportunidade na Classificatória Final Mundial, em junho, no Azerbaijão.

Na última edição da Olimpíada, realizada em Londres, 2012, o Brasil quebrou um jejum de 44 anos e conquistou uma prata e dois bronzes.

A meta para este ano é conseguir o ouro inédito, em casa.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.