Presidente, você sabia? Confira uma série de perguntas

shutterstock_590066168
Foto: Shutterstock

Senhores Presidentes, confiram vários aspectos relevantes que cercam o dia a dia dos clubes.

Os itens abaixo tratam de importantes questões que envolvem a rotina dos clubes nas áreas jurídica, formação esportiva, marketing e recreação.

O SINDI-CLUBE oferece orientação de consultores especializados para esses temas. Acesse www.sindiclubesp.com.br, seção Consultorias.

Então, Presidente, você sabia?

Que é possível conceder férias individuais a um empregado em dois períodos (um dos quais não poderá ser inferior a dez dias), apenas em casos excepcionais ou, ainda, a pedido do empregado, desde que comprove motivo justo, com consentimento do empregador?

Que as disposições da CLT, Art. 457, modificadas pela Lei 13.419 de 13 de março de 2017, que regula as gorjetas, terá vigência a partir de 12 de maio?

Que o Sindi-Clube estuda as disposições, inclusive a possibilidade de estabelecimento de convenção coletiva de trabalho com o Sindesporte para a aplicação da nova lei da gorjeta?

Que é de R$ 59 milhões o montante de recursos disponíveis para captação de projetos aprovados da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte (LPIE), em 2017, valor idêntico ao do ano anterior?

Que a LPIE possibilita a empresas de todo o Estado apoiar e investir recursos em projetos esportivos de clubes, por meio de patrocínio ou doação financeira provenientes da renúncia de ICMS?

Que a consultoria gratuita de Projetos Incentivados do Sindi-Clube (projetosincentivados@sindiclubesp.com.br) explica aos clubes como conseguir os recursos da LPIE?

Que é muito importante para os clubes ter um midia kit, em que são apresentadas todas as formas de divulgação do clube?

Que o midia kit deve apresentar valores de veiculação para as empresas interessadas em oportunidades de divulgação no clube?

Que a consultoria de Marketing do Sindi-Clube (consultoriademarketing@sindiclubesp.com.br) explica esse e outros aspectos estratégicos, gratuitamente?

Que é necessário conhecer aspectos básicos de cada momento do desenvolvimento da criança e suas diferentes reações e respostas às propostas de recreação apresentadas?

Que conviver com o brincar significa relacionar formas, perceber cores, descobrir novas possibilidades, e não apenas ficar preocupado com o fácil reconhecimento de um significado?

Que os brinquedos populares abrangem não apenas uma questão estética, mas também o lado sociológico e cultural, que merece ser oferecido às crianças em uma brinquedoteca?

Se, depois da leitura dessas perguntas, o presidente mostrou-se inteirado de todas essas questões, parabéns!

Porém, em caso de dúvida, procure esclarecimentos do Sindi-Clube, sempre a postos para orientá-lo: (11) 5054-5464 ou juridico@sindiclubesp.com.br.

Visite o portal  e curta a página do SINDI-CLUBE no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Presidente, você sabia? Confira uma série de perguntas

shutterstock_334043390

Presidente, você sabia?

Senhores Presidentes, confiram vários aspectos relevantes que cercam o dia a dia dos clubes.

Os itens abaixo tratam de importantes questões que envolvem a rotina dos clubes nas áreas jurídica, formação esportiva, marketing e recreação.

O SINDI-CLUBE oferece orientação de consultores especializados para esses temas.

Então, Presidente, você sabia?

Que o personal trainner avulso não pode atuar no clube e que somente poderá fazê-lo desde que seja funcionário formal, conforme previsto na Convenção Coletiva de Trabalho da categoria profissional?

Que, desde 1º de dezembro de 2016, está em vigor a convenção coletiva de trabalho com a Federação dos Profissionais de Educação Física, que passou a abranger uma área da região de Campinas, antes representada pelo Sindesporte?

Que somente em casos excepcionais as férias serão concedidas em dois períodos, e um dos quais não poderá ser inferior a dez dias corridos?

Que o protocolo de novos projetos na Lei Federal de Incentivo ao Esporte (Lei 11.438/06) foi reaberto em 1º de fevereiro e ficará disponível até de 15 de setembro?

Que as reuniões da Lei de Incentivo Federal podem ser acompanhadas ao vivo pelo Youtube, no canal do Ministério do Esporte?

Que as reuniões da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte também podem ser vistas ao vivo no canal da Secretaria Estadual de Esportes?

Que o marketing deve ser estruturado como uma assessoria direta da presidência, pois atua estrategicamente na realização dos objetivos de uma gestão?

Que a exposição de publicidade em placas instaladas no clube necessita de contrato de veiculação de imagem com o parceiro e que o Sindi-Clube disponibiliza um modelo desse termo?

Que, por meio das atividades lúdicas para crianças, estimulamos a imaginação e a memória, essenciais para a assimilação do mundo exterior da infância até a vida adulta?

Que, na infância, devemos permitir novas e ricas experiências, pois não basta saber como empreender algo, é preciso saber por que e como fazê-lo?

Se, depois da leitura dessas perguntas, o presidente mostrou-se inteirado de todas essas questões, parabéns!

Porém, em caso de dúvida, procure esclarecimentos do Sindi-Clube, sempre a postos para orientá-lo: (11) 5054-5464 ou juridico@sindiclubesp.com.br.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Vejas as fotos do evento de posse solene de Paulo Movizzo na presidência do Sindi-Clube

Movizzo discursa na solenidade de posse
Movizzo discursa na solenidade de posse

A posse solene de Paulo Cesar Mário Movizzo na presidência do Sindi-Clube foi realizada na noite de 6 de fevereiro.

O dirigente eleito para o mandato 2017-2020 recebeu o cargo de seu antecessor, Cezar Roberto Leão Granieri, Betinho.

O evento, realizado no Club Athletico Paulistano, contou com a presença de autoridades públicas, presidentes e dirigentes de clubes e de entidades representativas do setor esportivo.

Veja as fotos da cerimônia de posse no Facebook do Sindi-Clube.

Leia mais aqui.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Sindi-Clube elege nova diretoria para 2017/2020

Betinho, Movizzo e Granieri
Betinho, Movizzo e Granieri

Paulo Cesar Mário Movizzo, foi eleito presidente do Sindi-Clube, tendo como vice Luiz Carlos Granieri, para o quadriênio 2017/2020.

A eleição foi feita por aclamação, realizada em assembleia geral ordinária na sede do Sindi-Clube, em 12 de janeiro.

A nova diretoria é sucessora da gestão de Cezar Roberto Leão Granieri, Betinho, que presidiu o Sindi-Clube de 2010 a 2017.

Veja as fotos da eleição no Facebook do Sindi-Clube.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Presidente, você sabia? Confira uma série de perguntas

presidentevc

 Confiram nesta seção vários aspectos relevantes que cercam o dia a dia dos clubes.

Os itens abaixo tratam de importantes questões que envolvem o dia a dia dos clubes, nas áreas jurídica, formação esportiva, marketing e recreação.

Para essas áreas, o SINDI-CLUBE oferece orientação de consultores especializados. Acesse o portal do SINDI-CLUBE, seção Consultorias.

Então, Presidente, você sabia?

Que a edição da Lei 12.868/13 trouxe novas condicionantes para que os clubes possam pleitear incentivos fiscais e também manter a isenção de tributos como o Imposto de Renda da Pessoa Jurídica e a tributação diferenciada da Cofins e do PIS sobre a folha de salários?

Que foi estabelecido nessa lei o limite de seis meses para que os clubes promovessem a adequação de seus estatutos às novas exigências para incentivos e isenções fiscais e que o prazo expirou em abril de 2014?

Que os clubes detêm autorização legal para funcionarem aos domingos e feriados (Lei 605/49 e Decreto 27.048 de 1949) e que é permitido que o domingo seja considerado dia útil de trabalho?

Que as referidas leis autorizam o trabalho nos dias mencionados somente dos setores indispensáveis ao funcionamento do clube e que, portanto, serviços de escritório estão excluídos dessa autorização?

Que portaria do Ministério do Esporte alterou vários artigos de portaria anterior que dispunha sobre a tramitação, avaliação e enquadramento de projetos esportivos e paraesportivos que buscam recursos por meio da Lei de Incentivo ao Esporte?

Que uma das mudanças feitas pela portaria estabelece que, para tramitação prioritária, será necessário declarar o valor de 10% do valor total do projeto, sendo que, antes, não havia valor mínimo necessário?

Que para conhecer todos os pontos modificados por essa portaria, basta falar com a Consultoria SINDI-CLUBE, acessada no portal da entidade: www.sindiclubesp.com.br/consultoria-projetos.

Que é muito importante o clube destinar um porcentual da arrecadação para a área de comunicação e marketing, para que possam ser realizadas as ações que possibilitem atingir os objetivos financeiros e Institucionais da entidade?

Que os professores do clube podem contribuir de forma eficaz na divulgação de eventos e atividades, já que eles têm contato direto com os associados?

Que essa ação direta deve ser incluída no programa de comunicação desenvolvido pelo clube?

Que no canto da leitura, no espaço de uma brinquedoteca, a criança entra em contato com a história, imagens e escrita, mantém interesse pela leitura e cria o hábito de ler?

Que a criança, quando se expressa espontaneamente durante a escuta de uma história, desenvolve suas ideias criativas de forma saudável, formando seu próprio espírito crítico?

Que o mediador de leitura pode enriquecer sua forma de contar histórias com recursos expressivos que encantem as crianças, utilizando fantoches, instrumentos musicais, adereços e muita criatividade?

Se, depois da leitura dessas perguntas, o presidente mostrou-se inteirado de todas essas questões, parabéns!  Porém, em caso de dúvida, procure esclarecimentos do SINDI-CLUBE, sempre a postos para orientá-lo: (11) 5054-5464.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Presidente, você sabia? Confira uma série de perguntas

presidentevcsabia

Senhores Presidentes, confiram nesta seção vários aspectos relevantes que cercam o dia a dia dos clubes.

Os itens abaixo tratam de importantes questões que envolvem o dia a dia dos clubes, nas áreas jurídica, formação esportiva, marketing e recreação.

Para essas áreas, o SINDI-CLUBE oferece orientação de consultores especializados. Acesse o portal do SINDI-CLUBE, seção Consultorias.

Então, Presidente, você sabia?

Que, nas manifestações que ocorrem nos “Encontros com dirigentes”, a média do custo da força de trabalho, incluindo-se os encargos trabalhistas e previdenciários, é da ordem de 60% do orçamento?

Que os índices de reajustes salarias dos últimos anos foram: 2002:10%; 2003: 12%; 2004:10,38%; 2005: 6,6%; 2006: 5,55%; 2007: 3,8%; 2008: 6%;  2009: 7,38%; 2010: 5,11%; 2011: 7,77%; 2012: 7,38%; 2013: 7,7%; 2014: 7,1%; 2015: 7%; e 2016: 7,68% + 3,29% = 11,22% (aplicação cumulativa)?

Que o Regimento de Acesso ao clube deve especificar as regras gerais que abrangem horário de funcionamento, exibição de carteira de identificação, ingresso de visitantes, ingresso de veículos e se, nesse caso, haverá inspeção?

Que nesse regimento deverá também ser anotada a permissão ou não para que o associado utilize patins, skates, bicicletas e outros congêneres, sendo que a tônica é a de não utilização desses equipamentos nas áreas comuns, salvo se houver disponibilização de locais apropriados?

Que oito clubes paulistas tiveram projetos classificados no edital 6 da CBC, que convocou a apresentação de propostas para formação de atletas em modalidades olímpicas e paraolímpicas, com recursos previstos na Lei Pelé?

Que, ao todo, foram selecionados projetos de 35 clubes e que as agremiações paulistas dessa lista são: Associação Desportiva Classista Mercedes-Benz, Club Athletico Paulistano, Clube de Campo Piracicaba, Clube Esperia, Clube Internacional de Regatas de Santos, Clube Paineiras do Morumby, Esporte Clube Pinheiros e Sport Club Corinthians Paulista?

Que a novidade desse edital é que as verbas preveem o pagamento de equipes técnicas e multidisciplinares, no período do próximo ciclo olímpico, de 2016 a 2020?

Que agora é o período ideal para iniciar o Planejamento de Marketing do clube para 2017?

Que para construir o plano é muito importante reunir as áreas e entender suas demandas para o próximo ano e também analisar as principais metas de marketing do clube?

Que, entre outros, podem estar entre os objetivos retenção de associados, fidelização e captação de associados, para criar um planejamento que venha atender às principais necessidades do clube?

Que se deve evitar oferecer na brinquetoteca dos clubes jogos ou brinquedos complicados demais, imaginando que a criança esteja muito adiantada?

Que brinquedos excessivamente didáticos podem se converter em material escolar e perder a função de divertir e, com isso, deixar de atrair a atenção da criança?

Que é errado pensar que meninos e meninas da mesma idade gostam das mesmas coisas, pois as individualidades devem ser respeitadas em todas as faixas etárias e condições inclusivas?

Se, depois da leitura dessas perguntas, o presidente mostrou-se inteirado de todas essas questões, parabéns!  Porém, em caso de dúvida, procure esclarecimentos do SINDI-CLUBE, sempre a postos para orientá-lo: (11) 5054-5464.

Visite o portal  e curta a página do SINDI-CLUBE no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Presidente, você sabia? Confira uma série de perguntas

presidentevc-2

Senhores Presidentes, confiram nesta seção vários aspectos relevantes que cercam o dia a dia dos clubes.

Os itens abaixo tratam de importantes questões que envolvem o dia a dia dos clubes, nas áreas jurídica, formação esportiva, marketing e recreação.

Para essas áreas, o SINDI-CLUBE oferece orientação de consultores especializados. Acesse www.sindiclubesp.com.br, seção Consultorias.

Então, Presidente, você sabia?

Que a recente inclusão das taxas condominiais no rol dos títulos passíveis de execução não se aplica às taxas de custeio e mensalidades dos clubes?

Que os clubes podem usar a força do estatuto social para compelir o associado a manter seus compromissos em dia, a fim de poder frequentar as instalações da entidade e desfrutar de seus serviços?

Que o Regimento de Acesso ao clube deve conter as regras gerais, tais como horário de funcionamento, exibição de carteira de identificação, ingresso de visitantes, ingresso de veículos e, se nesse caso, o veículo e o condutor passarão por inspeção e verificação?

Que a legislação paulista sobre controle de aquisição e uso de produtos controlados, utilizados no tratamento de águas das piscinas, vem desde o governo de Armando Arruda Pereira, em 1935?

Que o Decreto Federal 3.665 de 19/11/2000 regulamenta e obriga a obtenção de licença prévia para aquisição e estocagem de produtos controlados?

Que agora é o momento ideal para planejar ações de marketing para a temporada de primavera e verão, período em que há um interesse maior tanto de associados, como do público externo, em utilizar os clubes?

 

Que é importante planejar campanhas que aproveitem a chegada dos dias quentes para atrair novos associados com promoções especiais?

Que essa é a ocasião para criar um plano de comunicação e reter associados, convidando-os a aproveitar ainda mais o clube, destacando eventos e novidades previstas?

Que a CBC, por meio da Lei Pelé, já formalizou 62 convênios com 27 clubes de todo o país, para os quais destinou R$ 68,5 milhões?

Que os clubes de São Paulo receberam R$ 15 milhões para projetos de formação de atletas olímpicos?

Que os clubes paulistas beneficiados foram Club Athletico Paulistano, Clube de Campo de Piracicaba, Clube Esperia, Clube Internacional de Regatas, Clube Paineiras do Morumby, Esporte Clube Pinheiros e Sport Club Corinthians Paulista?

Que a brinquedoteca, ao estabelecer regras adequadas no brincar, torna-se um espaço educativo para ensinar às crianças bons costumes e cuidados com os brinquedos e consigo mesmo?

Que as crianças crescem e seus interesses e necessidades também variam e, por isso, demandam novos brinquedos e formas diferentes de brincar?

Que, em vez da compra de jogos muito caros, devemos criar oportunidades de as crianças criarem seus próprios brinquedos, com sucatas e outros materiais, que resultem em brincadeiras que as surpreendam?

Se, depois da leitura dessas perguntas, o presidente mostrou-se inteirado de todas essas questões, parabéns!  Porém, em caso de dúvida, procure esclarecimentos do SINDI-CLUBE, sempre a postos para orientá-lo: (11) 5054-5464.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Betinho carrega a tocha, em Campinas

Foto: Rio2016/Andre Mourao
Foto: Rio2016/Andre Mourao

O presidente do SINDI-CLUBE, Cezar Roberto Leão Granieri, Betinho, foi um dos condutores da tocha olímpica, na passagem do símbolo por Campinas, em 20 de julho.

O percurso na cidade foi de aproximadamente 15 quilômetros, passando pelas principais avenidas centrais e pontos turísticos, até chegar à Praça Arautos da Paz, onde foi acesa a pira olímpica em uma grande cerimônia.

Veja as fotos na página do SINDI-CLUBE no Facebook.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Presidente, você sabia?

presidentevcSenhores Presidentes, confiram neste post vários aspectos relevantes que cercam o dia a dia dos clubes.

Os itens abaixo tratam de importantes questões das áreas jurídica, formação esportiva e marketing.

Então, Presidente, você sabia?

Que é privativo do Comitê Olímpico Brasileiro e do Comitê Paraolímpico Brasileiro o uso das bandeiras, lemas, hinos e símbolos olímpicos e paraolímpicos, assim como das denominações “jogos olímpicos”, “olimpíadas”, “jogos paraolímpicos” e “paraolimpíadas”?

Que a proibição do uso dos símbolos olímpicos está expressa na Lei Pelé (9.615 de 1998), com alterações da Lei nº 9.981 de 2000, em seu artigo 15?

Que os administradores devem estar atentos às restrições que atingem os clubes durante o período da propaganda eleitoral e que a grande maioria dos estatutos sociais das associações já estabelece que o clube está impedido de participar de movimentos políticos (e religiosos), bem como ceder instalações para esse fim?

Que a Lei de Incentivo Federal abriu inscrições em 1º de fevereiro para receber a documentação de projetos esportivos ou paraesportivos que pleiteiam verbas da Lei de Incentivo ao Esporte e que o prazo para protocolar propostas vai até 15 de setembro?

Que os clubes têm à disposição uma consultoria especializada, pronta para responder a todas as dúvidas sobre leis de incentivo?

Que, para ter acesso a esse serviço, basta encaminhar as perguntas pelo e-mail projetosincentivados@sindiclubesp.com.br?

Que Segundo Peter Drucker, guru da administração, “mais de 60% dos problemas e conflitos de uma empresa estão ligados a falhas na comunicação” – já imaginou seu clube com 60% a menos de problemas?

Que, para isso, é importante ter as áreas de comunicação e marketing muito bem estruturadas, valorizadas e alinhadas com todos os departamentos e a diretoria?

Que o associado de clube é um dos tipos de clientes mais fiéis que existem e que contemplá-lo com serviços de qualidade, por meio de canais de relacionamento eficazes, fazem dele formador de opinião e um dos os melhores divulgadores do clube?

Se, depois da leitura dessas perguntas, o presidente mostrou-se inteirado de todas essas questões, parabéns!

Porém, em caso de dúvida, procure esclarecimentos do Sindi-Clube, sempre a postos para orientá-lo: (11) 5054-5464 ou juridico@sindiclubesp.com.br

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Pinheiros recebe China e reforça ligação com o esporte olímpico

Cappellano: esporte olímpico está na essência do clube (Foto: Divulgação)
Cappellano: esporte olímpico está na essência do clube (Foto: Divulgação)

Maior medalhista nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008 e vice-colocada em Londres 2012, a China definiu o Esporte Clube Pinheiros como local de aclimatação de seus atletas para a Olimpíada, antes de seguirem para o Rio de Janeiro. De 22 de julho a 15 de agosto, o clube irá ceder sua estrutura para que a delegação, composta por 350 pessoas, possa se preparar para o maior evento esportivo do mundo.

Pelo uso de suas instalações nesse período, o Pinheiros irá receber R$ 14 milhões do Comitê Olímpico Chinês. O presidente da agremiação, Roberto Cappellano, entrevistado pela Revista dos Clubes, comemora a escolha e considera que a recepção a uma das principais potências olímpicas reforça a histórica ligação pinheirense com o esporte olímpico. Acompanhe a entrevista:

O Pinheiros é o clube brasileiro que mais forma atletas de ponta, que representam o país em competições internacionais. O que acrescenta à imagem esportiva da instituição ser escolhida pela China como local de aclimatação de seus competidores?

Roberto Cappellano: Fomos procurados por diversos países e termos sido escolhidos pelos chineses para essa preparação é um motivo de orgulho para todos os pinheirenses, afinal, o reconhecimento pela excelência da nossa infraestrutura, vindo de uma das principais potências olímpicas do planeta, é, sem dúvida, um reconhecimento internacional. Ser eleito pelo Comitê Olímpico Chinês para abrigar seus atletas durante essa preparação reforça que o esporte olímpico está na essência do nosso clube. Estamos certos de que será uma oportunidade única de intercâmbio para todos os nossos associados e atletas.

Quantas pessoas da delegação chinesa usarão a estrutura do Pinheiros?

Roberto Cappellano: Aproximadamente 70% da delegação chinesa que virá para os Jogos do Rio de Janeiro utilizarão nossas dependências de forma escalonada, de 22 de julho a 15 de agosto. Entre atletas, técnicos, preparadores e staff serão cerca de 350 pessoas. Eles ficarão num hotel da região e virão em dois períodos para treinar: de manhã e de tarde.

Atletas de quantas modalidades realizarão treinamentos no Pinheiros?

Roberto Cappellano: Atletas de 15 modalidades: natação, ginástica artística, futebol, tênis, rúgbi, polo aquático, vôlei, esgrima, boxe, tênis de mesa, badminton, atletismo, nado sincronizado, pentatlo moderno e tae-kwon-do.

O clube receberá uma boa compensação financeira – R$ 14 milhões. Além disso, o que os associados do Pinheiros irão ganhar com a convivência com os atletas chineses?

Roberto Cappellano: Teremos despesas também. Desenvolveremos uma campanha entre os associados e atletas do clube, com o intuito de criar um corpo de voluntários que faça a recepção e auxilie a delegação chinesa durante sua estadia aqui no Pinheiros e mostre um pouco do nosso país e da nossa cultura. Esse será, também, um importante intercâmbio, além de podermos observar a forma de treinamento deles, que são uma potência esportiva, traremos o verdadeiro espirito olímpico para dentro do clube e da cidade de São Paulo. Realizaremos também encontros, palestras e outras atividades que promovam a integração.

Qual será a destinação dessa receita extra obtida para a cessão das instalações aos chineses?

Roberto Cappellano: Criamos um fundo especial em nosso orçamento para essa receita que será recebida, com o objetivo de efetuarmos melhorias em todo o clube. Os valores envolvidos também serão muito importantes para garantir o total sucesso da operação, assim como para fazer alguns ajustes necessários para receber o Comitê Olímpico Chinês. Não teremos grandes intervenções previstas, pois o clube já possui instalações que dão bastante suporte e estão atualizadas à maioria das modalidades. Apenas no caso de alguns esportes, como o badminton, o tênis de mesa e o boxe, o clube irá adequar espaços para atender às necessidades. Em alguns espaços que já possuímos, como o ginásio da ginástica artística, faremos alguns ajustes, como troca do tablado, o que será importante não apenas para a delegação chinesa, mas para os nossos atletas e associados que utilizam o local. Todas as intervenções ficarão como legado em termos de estrutura para os frequentadores do Pinheiros.

O Pinheiros mostra-se um clube aberto a experiências que incentivem a prática esportiva, como essa de recepcionar a delegação chinesa. Sediar o Brasil Open de Tênis, em fevereiro, encaixa-se nesse objetivo?

Roberto Cappellano: Sem dúvida, o esporte está no DNA do clube e também na maioria do nosso corpo associativo. O clube já sediou inúmeros torneios e competições de diversas modalidades, inclusive Taça Davis. Esta iniciativa de receber o Brasil Open reafirma o papel de protagonista que nossa instituição desempenha no cenário esportivo nacional, assim como oferece oportunidade ímpar aos nossos associados, atletas e técnicos de presenciar um torneio de alto nível, internacional, convivendo com atletas que normalmente só são vistos pela televisão. É mais uma ação para a nossa cidade neste ano olímpico.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.