Paulistano vence Pinheiros no vôlei menores do Pepac

14068182_835192199950724_7668037632558379816_nO Club Athletico Paulistano venceu, fora de casa, na última sexta-feira (26/8), o Esporte Clube Pinheiros por três sets a zero.

As fotos do jogo estão disponíveis na página do SINDI-CLUBE no Facebook.

O confronto, válido pela categoria infanto-juvenil do vôlei menores do Pepac (Programa Esportivo para Associados de Clubes), é um dos mais tradicionais entre clubes paulistas.

Denise Diniz, técnica do Paulistano, comenta o peso histórico da partida e exalta o resultado de sua equipe.

Diniz: ótimo campeonato
Diniz: ótimo campeonato

“São dois times que já se enfrentaram diversas vezes ao longo dos anos e que sempre querem ganhar uma da outra. Isso é uma motivação a mais e torna a disputa mais interessante, tanto para quem joga quanto para quem assiste. Vencer um clássico é sensacional e aumenta a confiança das meninas”, comenta Denise.

A técnica ainda elogia o torneio.

“O Pepac é a melhor coisa que já inventaram. A organização, a quantidade de equipes, o nível técnico… Tudo é muito bom e faz com que queiramos continuar jogando. Já disputamos muitos outros campeonatos, mas as atletas não tinham tanta paixão quanto têm por esse”, afirma.

Van Der Meer: benefícios para as atletas
Van Der Meer: benefícios para as atletas

Já Diogo Van Der Meer, treinador do Pinheiros, ressalta os benefícios do torneio para as jovens.

“É importante para a vida, tanto pessoal como de atleta, pois dá estabilidade, confiança, maturidade, faz sentir a pressão do jogo, entre muitas outras coisas que só um campeonato como este proporciona”, destaca.

Van Der Meer também avaliou o desempenho de seu time durante o jogo.

“Tivemos o mesmo volume de jogo do Paulistano, tanto que os sets foram bem parelhos, mas faltou um pouco mais de cabeça e concentração às meninas. Fica o aprendizado”, conclui.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Penha vence Paineiras, no vôlei máster do Pepac

14051808_830756343727643_3711564762851417291_nOs jogos da fase classificatória do Pepac (Programa Esportivo para Associados de Clubes), que segue até outubro, continuam.

No último sábado, 20/8, as duas melhores equipes da categoria E, chave 2, do vôlei máster se enfrentaram e o Clube Esportivo da Penha venceu o Clube Paineiras do Morumby, em casa, por três sets a zero.

As fotos da partida estão disponíveis na página do SINDI-CLUBE no Facebook.

Gianoni: benefícios para a saúde
Gianoni: benefícios para a saúde

Mesmo triste com a derrota do Paineiras, a atleta Maria Ângela Gianoni ressalta que o torneio traz muitos benefícios para a vida das jogadoras que participam dele.

“Além de aprimorar o condicionamento e o preparo físico, disputar o Pepac também melhora a saúde mental, pois temos motivações novas a cada partida e em cada fase do campeonato. A rotina de treinos, dedicação e convivência com as parceiras de equipe são muito bacanas”, conta Maria Ângela.

Mordenti: diversão e novas amizades
Mordenti: diversão e novas amizades

Já Maria Emília Mordenti, do Penha, conta que, em seu primeiro ano de participação, as impressões sobre o Pepac são as melhores.

“É tudo muito bem organizado e as equipes são niveladas. Isso nos estimula a melhorar a cada dia. Competir nesse torneio é uma delícia, os jogos são muito legais, conhecemos outros clubes e criamos novas amizades, que é a parte mais divertida”, afirma a atleta.

Carro-chefe do Pepac

O voleibol máster tem o maior número de participantes do Pepac.

São 1.437 atletas, de 109 equipes vindas de 34 clubes.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Jogos do Pepac retornam, depois das férias. Corinthians vence Arydevom, veja as fotos

blog IMG_6879Após um curto período de férias, os jogos de vôlei e futsal do Pepac (Programa Esportivo Para Associados de Clubes) retornaram.

Ainda na fase classificatória do torneio, iniciada em abril, as equipes de ambas as modalidades buscam pontos para garantir as melhores posições na tabela, visando a fase decisiva de novembro.

Na última quinta-feira (5/8), o Sport Club Corinthians Paulista enfrentou, em casa, o Arydevom de Mauá, para manter a liderança da categoria mirim (até 14 anos) do voleibol menores.

As fotos da partida podem ser acessadas na página do SINDI-CLUBE no Facebook.

As atletas alvinegras derrotaram as visitantes com facilidade, por 3 sets a 0, e continuam invictas no campeonato.

A primeira etapa do Pepac prosseguirá até outubro.

Em busca do bi

Marques: time dedicado
Marques: time dedicado

A invencibilidade é, segundo o treinador do Corinthians, Sérgio Marques, resultado do comprometimento das jovens jogadoras, que sonham em conquistar o bicampeonato da categoria este ano.

O técnico conta que elas seguem à risca a rotina de treinos e querem sempre melhorar seus desempenhos nas partidas.

“Estamos em uma crescente por causa da dedicação do time. Elas exigem muito de si, apesar da pouca idade, e querem sempre dar seu melhor em cada jogo. Treinamos três vezes por semana, durante três horas, para melhorar o rendimento das garotas. Esse é nosso diferencial”, conclui Sérgio.

Evolução com o tempo

Eugênio: melhoras na equipe
Eugênio: melhoras na equipe

Apesar da derrota, o técnico do Arydevom, Ary Eugênio, vê melhoras na equipe em relação ao começo do torneio.

“Temos poucas meninas, que nunca competiram em alto nível. Considerando estes fatos, o desempenho foi satisfatório e fico feliz com o trabalho que estamos desenvolvendo. Alguns pontos ainda precisam ser revistos e melhorados para que, na próxima fase, alcancemos o nosso objetivo que é vencer mais jogos”, afirma.

Ary ressalta a importância do Pepac para as jovens: “faz com que elas acreditem em seu potencial esportivo”.

Grande participação

O voleibol menores do Pepac tem 828 atletas inscritos.

Destes, 192 são da categoria mirim, que conta com 14 times.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.