Conheça as modalidades olímpicas: remo

Fabiana: em busca da medalha olímpica (Foto: Washington Alves/Exemplus/COB)
Fabiana: em busca da medalha olímpica (Foto: Washington Alves/Exemplus/COB)

O remo brasileiro não tem conseguido resultados satisfatórios neste ano.

Para a Olimpíada Rio 2016, o Brasil, por ser sede, tem duas vagas garantidas na modalidade, no single skiff masculino e feminino.

A esperança por outras vagas ficou estremecida após os resultados obtidos nos Jogos Pan-Americanos de Toronto e outras competições importantes.

Em setembro, no Campeonato Mundial de Remo, na França, dos 129 barcos classificados para os Jogos, apenas dois são da América Latina, e ambos de Cuba. Fabiana Beltrame ficou em quarto lugar e saiu sem medalha em sua última participação no Campeonato.

Fabiana é favorita a conseguir medalha Olímpica. Apesar de não quebrar o jejum de ouro do remo no Pan 2015, subiu ao pódio e garantiu a prata, no single skiff peso leve.

Mesmo não sendo sua especialidade, a catarinense deve competir pelo Brasil no single skiff, já que é a única vaga certa.

Em março do ano que vem, haverá o Pré-Olímpico da América Latina no Chile, distribuindo seis vagas no double skiff, metade para o feminino e metade para o masculino. Ainda em 2016, haverá também o Pré-Olímpico de repescagem mundial para outras provas.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Conheça as modalidades olímpicas: tiro esportivo

Rippel e Almeida: ouro no Pan (Foto: CBTE)
Rippel e Almeida: ouro no Pan (Foto: CBTE)

Com participação brilhante, o tiro esportivo brasileiro terminou o Pan-Americano de Toronto com ótimas conquistas.

Os brasileiros trouxeram para casa quatro medalhas (três de ouro e uma prata). Essa foi a melhor participação do tiro esportivo brasileiro em edições da competição.

Na categoria pistola de 50m, Júlio Almeida levou o ouro.

Felipe Wu, categoria pistola de ar, também garantiu a medalha dourada para o Brasil e é um dos favoritos a subir ao pódio na Rio 2016.

Já na carabina deitado de 50m, Cássio Rippel também ficou com o ouro.

Ele é o atual recordista da categoria, com 207.7 pontos. Em setembro, Rippel juntou-se ao grupo dos únicos cinco atletas no mundo que superaram a marca de 630 pontos em provas oficiais. Ele pontuou 630,6.

A medalha de prata no Pan de Toronto veio com o atirador Emerson Duarte, na prova da pistola tiro rápido 25m.

E não para por ai: com os resultados obtidos, foram conquistadas três vagas para os Jogos Olímpicos Rio 2016 – os atletas que conquistaram o ouro no Pan  têm participação garantida ano que vem.

A um ano do início da competição, dez vagas olímpicas estão confirmadas, seis em provas masculinas e quatro em femininas.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.