Associados do Palmeiras terão Clube de Leitura

Foto: Shutterstock
Foto: Shutterstock

Os associados da Sociedade Esportiva Palmeiras passarão a ter um Clube de Leitura, ação de divulgação literária do Sindi-Clube.

A primeira reunião, em que serão escolhidos os livros a serem lidos pelo grupo, será feita em 26 de junho, no departamento de cultura do clube.

A diretora cultural do Palmeiras, Sylvia Boggian, diz que o Clube de Leitura vai ajudar na difusão da literatura no clube.

“É uma ação excelente, há muitos adeptos da literatura no Palmeiras. Com essa iniciativa, certamente, o número de interessados vai aumentar. Pretendemos desenvolver mais ações como essa, junto com o Sindi-Clube”, afirma.

A iniciativa do Sindi-Clube tem conquistado cada vez mais espaço nos clubes.

Com o Palmeiras, já estão montados 16 Clubes de Leitura em agremiações que dão aos associados que gostam de literatura um espaço de relacionamento para discutir os livros que estão lendo.

Visite o portal  e curta a página do SINDI-CLUBE no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Técnicos de futsal elogiam o Pepac, após vitória da AOPM sobre o Palmeiras

IMG_7352A AOPM (Associação dos Oficiais da Polícia Militar) venceu o Palmeiras, em casa, no último sábado (13/8), por 6×1, e segue invicta na categoria sub 15 do futsal do Pepac (Programa Esportivo para Associados de Clubes).

Fotos da partida estão disponíveis na página do SINDI-CLUBE no Facebook.

Após o confronto, os técnicos de ambas as equipes elogiaram o campeonato.

Filipe Fernandes, treinador da AOPM, ressaltou a importância do programa para os jovens associados de clubes.

IMG_7690
Fernandes: fundamental para os atletas

“O Pepac é fundamental para que os jogadores tenham percepção da vida de atleta, com treinos e partidas regulares, e faz com que eles desenvolvam seu potencial desde pequenos. Alguns pretendem seguir carreira e ganham experiência ao disputar uma competição como esta, com um nível que cresce a cada ano. Além disso, o torneio movimenta os clubes e permite a interação entre agremiações de diferentes realidades”, comentou Fernandes.

Já Gilson Pereira contou que o Palmeiras teve que se mobilizar, pois não queria deixar de competir no torneio.

Pereira: excelente organização
Pereira: excelente organização

“A organização do Pepac é excelente, por isso os clubes gostam de participar e o tornam tão grande. No nosso caso, tivemos que criar um time para essa faixa etária, mesmo com poucos atletas, pois os associados faziam questão de disputar o campeonato. É muito prestigiado e empolgante, pretendemos continuar participando”, afirmou Pereira.

O torneio do futsal do Pepac, iniciado em abril, se estenderá até novembro, com a realização de 376 jogos, na fase classificatória.

Conta com 992 atletas inscritos, em seis categorias, que integram 60 equipes de 19 clubes.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.