Flicap começa amanhã e tem programação para as crianças

A Feira Literária do Club Athletico Paulistano (Flicap) começa amanhã (19), com programação para a família toda.

Além das atividades voltadas para o público adulto, o evento terá também a Flicapinha, com contação de histórias e lançamento de livros infantis.

No sábado, primeiro dia da feira, as crianças podem acompanhar, a partir das 11h, narrações do livro “O sapo e a lagarta”, de Dani Grinberg, com ilustrações de Walter Lara.

A obra fala sobre a amizade.

Após a história, os pequenos farão atividades de artes utilizando o tema do livro.

No domingo (20), também às 11h, mais histórias, desta vez acompanhada do lançamento dos livros “Por que quem ri por último ri melhor?” e “Por que em boca fechada não entra mosca?”.

As duas obras apresentam os provérbios de maneira divertida.

O evento terá a contadora de histórias Paula Knoll e sessão de autógrafos com a autora Renata Julianelli e a ilustradora Nana Sievers.

No dia 26 de agosto, às 14h30, pais e filhos podem participar de um bate-papo com o autor Ilan Brenman, um dos principais escritores de literatura infantil do Brasil.

Com mais de 60 publicações, Ilan ganhou diversas vezes o selo “Altamente Recomendável” pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil.

No último dia do evento, 27 de agosto, às 11h, Emília e Tio Barnabé irão aconselhar os participantes com frases, metáforas e ensinamentos do autor Monteiro Lobato durante um Clubinho de Leitura.

Saiba mais sobre os lançamentos de livros e os Clubes de Leitura que estão na programação da Flicap.

Visite o nosso portal e curta o Sindi-Clube no Facebook e Instagram para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Internacional de Santos vence São Paulo em grande jogo, no vôlei menores do Pepac

IMG_2441 blog

O Clube Internacional de Regatas, de Santos, venceu, fora de casa, por 3 sets a 1, o São Paulo Futebol Clube, em jogo da categoria infantil do Programa Esportivo para Associados de Clubes (Pepac).

Quem foi ao ginásio no último sábado (27/5), saiu satisfeito com a partida, que teve vários lances de emoção.

Os sets foram disputados ponto a ponto, com viradas a todo o momento, de ambas as equipes.

As parciais terminaram em 25×23, 25×23, 25×15 e 25×23.

As fotos deste jogo podem ser acessadas no Facebook do Sindi-Clube.

Luciana: bom jogo apresentado
Luciana: bom jogo apresentado

Após a partida, os técnicos fizeram uma avaliação do desempenho de suas equipes.

Luciana Azevedo, do Internacional de Santos, ficou satisfeita com o empenho de sua equipe.

“Vínhamos de três derrotas consecutivas e essa conquista será muito importante para os próximos jogos. Mostramos que temos condições de fazer boas partidas, mesmo com um time novo e ainda desentrosado.”

Já Marcelo Felipe Nery, comandante do São Paulo, lamentou a derrota, que foi inesperada.

Nery: muitos erros da equipe
Nery: muitos erros da equipe

“Erramos bastante em saques e bolas de recepção. Perder em casa não estava em nossos planos. Agora, além da parte técnica, teremos que trabalhar também o psicológico das meninas, que estão tristes com a derrota.”

Neste ano, a categoria infantil do Pepac é a que detém o maior número de times participantes na modalidade de vôlei, com 19.

 

Atletas elogiam o Pepac

Tiffany: torneio organizado
Tiffany: torneio organizado

Tiffany Souza, líbero do Inter, diz que é uma satisfação jogar o maior campeonato interclubes do país.

“Além de ser um torneio muito bem organizado, ainda proporciona muita experiência, que pode fazer muita diferença daqui a alguns anos”.

Isabel Tavares, também do time da Baixada Santista, gosta da interação que o Pepac proporciona entre os clubes.

Isabel: torca de experiências entre atletas
Isabel: torca de experiências entre atletas

“É muito bom visitar e conhecer diversos clubes e poder trocar experiências com outras atletas. Pretendo continuar participando nos próximos anos”, disse.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Corinthians está na final do vôlei menores categoria infantil, do Pepac

img_6030
Corinthians e Paulistano fizeram a disputa de semi-final

Mais um finalista do vôlei do Pepac, desta vez pela categoria infantil, foi conhecido na última quinta-feira (27/10).

O Sport Club Corinthians Paulista venceu pela segunda vez a equipe do Club Athletico Paulistano, por 3 sets a 1, e não precisou realizar o terceiro jogo na disputa melhor de três.

As fotos da partida podem ser acessadas no Facebook do SINDI-CLUBE.

Com a vitória, o timão está classificado para a final, que também será disputada numa melhor de três jogos.

O adversário sairá do confronto entre Esporte Clube Pinheiros e São Paulo Futebol Clube.

Segundo a meio de rede Mariana Barbosa, o fato se deve à disposição e o trabalho de todos no clube.

img_6906
Mariana: incentivo de todos

“A gente se dedica bastante durante os treinos para fazer o melhor possível nos jogos. Os técnicos, preparadores físicos, auxiliares e até as faxineiras do clube nos dão o incentivo necessário para que possamos vencer.”

img_6754
Marques: vibração com as atletas

A classificação animou a todos, principalmente o técnico Sérgio Marques, que vibrava, junto com suas atletas, a cada ponto conquistado.

“Elas contagiam a gente, não tem como se conter. E também faz incentivo, para que não deixem de se concentrar no jogo e querer fazer ponto a cada bola.”

Já o Paulistano irá lutar pelo terceiro lugar.

A treinadora Cleide Pereira, que trabalha no Pepac desde o primeiro ano do torneio, comentou o que fazer para conseguir subir ao pódio.

img_6411
Cleide: psicológico abalado

“Nós teremos que trabalhar a cabeça das atletas. Elas estão muito abaladas com a derrota de hoje, pois almejavam o primeiro lugar. Estamos bem nos saques e nas recepções, então, focaremos mais na parte psicológica do que técnica”, disse.