Conheça algumas curiosidades sobre as modalidades olímpicas

shutterstock_212257297Desde que começou, em março, a série de cursos sobre modalidades olímpicas para jornalistas e estudantes de jornalismo, promovida pela Universidade SINDI-CLUBE em parceria com a Aceesp (Associação de Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo), faz sucesso entre os profissionais da mídia.

Os participantes aprenderam, além de aspectos técnicos e históricos, curiosidades dos esportes que compõem a maior competição esportiva mundial.

O Blog do SINDI-CLUBE destaca algumas delas:

Badminton: você sabia que a peteca é feita de penas de ganso? Mas só podem ser retiradas de sua asa esquerda, já que o animal repousa sobre a direita.

Arco e flecha: “Robin Hood” é o nome dado quando um arqueiro crava uma flecha na traseira da outra. E o arqueiro pode levá-la para casa, como um “troféu” de seu feito.

Hóquei sobre grama: pouco conhecido no Brasil, é o terceiro esporte mais praticado no mundo. A Índia venceu mais da metade das medalhas de ouro da modalidade em Olimpíadas.

Taekwondo: os atletas gritam durante a execução dos golpes para colocar medo e impressionar os oponentes.

Ginástica artística: quem vê a delicadeza e sofisticação das ginastas não imagina que a modalidade, nascida na Grécia e no Egito por volta de 2600 aC, era utilizada como treinamento militar.

Levantamento de peso: surgiu de uma disputa, nos povos antigos. Quem erguesse os objetos de maior peso era o chefe do grupo. Pouco mais tarde, o esporte tornou-se um tipo de preparação para guerra.

Nado sincronizado: antes de entrar para os Jogos Olímpicos era apresentado em teatros. É uma das poucas modalidades praticadas apenas por mulheres. Existem caixas de som embaixo d’água para as atletas ouvirem a música e não sair do ritmo.

Os cursos sobre modalidades olímpicas prosseguem até junho.

Interessados em participar devem mandar e-mail para contato@sindiclubesp.com.br, com nome, telefone e empresa ou faculdade.

Assista aos vídeos

TV SindiClube_verticalQuem quiser saber mais sobre as modalidades olímpicas já apresentadas pode assistir a íntegra de alguns cursos na TV SINDI-CLUBE.

Estão disponíveis no canal as exposições sobre ginástica artísticabadmintontiro com arcoluta olímpica e hóquei sobre a grama.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Conheça as modalidades olímpicas: hóquei sobre grama

Hóquei masculino; vaga assegurada para 2016. (Foto: Rio 2016/ Alexandre Loureiro)
Hóquei masculino; vaga assegurada para 2016. (Foto: Rio 2016/ Alexandre Loureiro)

A estreia do Brasil em disputas olímpicas de hóquei sobre grama será na Rio 2016.

A modalidade está no programa desde 1908. Pouco tradicional no país, o esporte ainda está engatinhando por espaço nas competições.

A equipe masculina conquistou a sua tão desejada vaga olímpica ao fazer história com a quarta colocação no Pan de Toronto, no Canadá.

Para se garantir em 2016, precisava ficar, pelo menos, entre os seis melhores.

Já a equipe feminina não atingiu a classificação necessária.

As argentinas, atuais vice-campeãs olímpicas e bicampeãs mundiais, dominam o esporte nas Américas.

Em novembro, o time masculino renovou as esperanças por bons resultados ao garantir o título do Torneio Internacional, em Deodoro, no evento-teste para a Olimpíada de 2016.

Antes, em campanha invicta, as duas seleções da categoria adulta conquistaram a medalha de ouro no torneio Pan American Challenge, realizado no Peru, em outubro.

A conquista vale vaga para a Copa Pan-Americana, que será disputada nos Estados Unidos, em 2017. O Brasil ocupa 32ª posição do ranking mundial.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Conheça as modalidades olímpicas: hóquei sobre a grama

Brasil tentará classificação para Olimpíada (Foto: Divulgação/CBHG)
Brasil tentará classificação para Olimpíada (Foto: Divulgação/CBHG)

Mesmo sendo um esporte novo e em desenvolvimento no Brasil, o hóquei sobre a grama vem alcançando resultados inéditos, como a classificação da equipe masculina para os Jogos Pan-Americanos de 2015, em Toronto.

Será a primeira vez que a seleção disputará um Pan por meio de um classificatório, já que, em 2007, foi apenas por ser do país sede.

A equipe precisa garantir, no mínimo, a sexta colocação para conseguir uma vaga na Olimpíada de 2016.

Além disso, o Brasil conseguiu o terceiro lugar no mundial de hóquei sobre a grama, realizado na cidade de Guadalajara, México, em setembro.

Esses resultados positivos deixam o gerente-geral da Confederação Brasileira de Hóquei Sobre Grama, Bruno Patrício, otimista.

“A classificação inédita do Brasil para os Jogos Pan-Americanos premia o esforço e a dedicação dos atletas e da comissão técnica. Agora, vamos nos concentrar no Pan de 2015 para tentarmos conquistar a vaga para os Jogos Olímpicos de 2016. Estamos buscando parceiros para viabilizar a melhor preparação possível para os nossos atletas” afirma.

A equipe feminina não irá disputar as olimpíadas no Rio porque não possui um patamar técnico mínimo que garanta a participação em campeonatos de grande porte.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.