Handebol feminino conquista Torneio Quatro Nações

handebol-fem
Handebol: conquista em Belém

A seleção brasileira feminina de handebol conquistou o Torneio Quatro Nações, após empatar em 21 a 21 com a Eslováquia no Ginásio Mangueirinho, em Belém (PA).

Com duas vitórias e um empate, as duas equipes terminaram empatadas, mas o Brasil levou a medalha de ouro por ter um melhor saldo de gols.

As duas equipes tiveram dificuldades de passar pelas defesas adversárias, com grande desempenho das goleiras Babi e Michalovce.

“Estou feliz que conseguimos empatar o jogo e ganhar o torneio. Foi uma partida muito brigada e as meninas estão de parabéns pela dedicação de buscar o placar. A Babi fez um grande jogo e nos ajudou a conquistar o resultado, mas é claro que queríamos a vitória”, afirmou o técnico da seleção brasileira, o dinamarquês Mourten Soubak.

Ao final do jogo, foram eleitas as destaques da competição.

O prêmio de melhor goleira ficou com Babi, o de melhor jogadora com Martina Skolkova e a goleadora do Torneio foi a ponta esquerda Samira Rocha, com 17 gols marcados.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

 

Conheça as modalidades olímpicas: handebol feminino

Seleção feminina: ouro no Pan-Americano de Toronto (Foto: CBHb)
Seleção feminina: ouro no Pan-Americano de Toronto (Foto: CBHb)

A seleção brasileira feminina caiu nas oitavas de final na última edição do Mundial de handebol, realizado em dezembro passado, na Dinamarca.

Apesar da eliminação precoce diante da Romênia, as atletas ainda são uma das principais esperanças de ouro na Olimpíada do Rio, que ocorrerá no meio do ano.

Campeãs mundiais em 2013 e medalhistas douradas na última edição do Pan-Americano de Toronto, em julho último, as meninas utilizaram a derrota para se motivarem ainda mais para alcançar o feito inédito.

Em entrevista ao canal SporTV, o superintendente do COB (Comitê Olímpico Brasileiro), Marcos Vinicius Freire, garantiu que permanece intacta a confiança de que o handebol feminino terá bom desempenho.

“Foi um resultado apertado, acabamos caindo antes da hora. Mas faz parte do jogo. Falei isso do Bernardinho, do vôlei masculino, um tempo atrás. Eles ficaram fora do pódio na Liga Mundial e dissemos: ‘É melhor perder agora que perder no ano que vem’. Vale a mesma frase para o handebol feminino: perdeu agora para não perder em casa”, declara Freire.

Na última edição dos Jogos Olímpicos, Londres 2012, as atletas terminaram na sexta colocação geral – o melhor resultado do Brasil na história.

O técnico Morten Soubak acredita que a torcida será o “ponto extra” para alcançar, pelo menos, o pódio.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Conheça as modalidades olímpicas: handebol feminino

Jaqueline Anastácio: melhor armadora esquerda do Pan de Havana (Foto: CBHb)
Jaqueline Anastácio: melhor armadora esquerda do Pan de Havana (Foto: CBHb)

A seleção feminina de handebol chegou a uma vitória brilhante no final de maio.

O Brasil bateu Cuba e faturou o título do Pan-Americano Feminino de forma invicta.

A equipe se sagrou campeã pela nona vez. Esse é o terceiro título seguido.

Comandada pelo técnico dinamarquês Marten Soubak, a equipe canarinho venceu Cuba por 26 a 22, na capital Havana, casa das adversárias.

Além do título, três atletas brasileiras receberam o prêmio de melhor jogadora da posição. Jéssica Oliveira foi considerada a melhor goleira, Jaqueline Anastácio a melhor armadora esquerda e Samira Rocha a melhor ponta esquerda.

Pan de Toronto

O título foi conquistado em momento de reta final de preparação aos Jogos Pan-Americanos de Toronto, que será realizado no Canadá entre os dias 10 e 26 de julho.

O maior desafio da temporada da modalidade é o Mundial da Dinamarca, a ser disputado no fim do ano.

O handebol acredita em possibilidade de um pódio olímpico em casa, nos Jogos Rio 2016.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.