Tiro esportivo e ciclismo BMX são temas de cursos sobre modalidades olímpicas

Paulo Peres fala sobre o ciclismo BMX na Olimpíada.
Paulo Peres fala sobre o ciclismo BMX na Olimpíada

A Universidade SINDI-CLUBE realizou, em parceria com a Aceesp (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo), mais dois cursos sobre modalidades olímpicas: tiro esportivo (8/6) e ciclismo BMX (9/6).

Jornalistas receberam, presencialmente e via internet, informações sobre aspectos técnicos, práticos e históricos dos esportes que estarão em disputa na Olimpíada do Rio de Janeiro.

Ricardo Brenck, vice-presidente e diretor técnico da Confederação Brasileira de Tiro Esportivo, elogiou a iniciativa das entidades de promover modalidades menos conhecidas.

“É uma ótima oportunidade de falar mais sobre o tiro esportivo, que tem uma divulgação muito limitada na mídia. Existem muitos detalhes do esporte que são desconhecidos pela imprensa. Passar esse tipo de informação, em um ano olímpico, é de extrema importância para nós. Parabéns ao SINDI-CLUBE”, afirmou.

Paulo Peres, ex-atleta e Diretor de BMX da Federação Paulista de Ciclismo, também ressaltou a importância do curso.

“Os cursos facilitarão o trabalho da mídia durante os Jogos Olímpicos, pois os jornalistas terão mais informações para falar sobre as modalidades. O BMX é novo na grade, chega à sua terceira edição, então, quanto mais pudermos disseminar a cultura desse esporte, melhor será”, concluiu.

A série de exposições, que teve início em março, ainda está com inscrições abertas.

Interessados devem mandar e-mail para contato@sindiclubesp.com.br ou, para mais informações, acessar o portal do SINDI-CLUBE.

Visite o portal  e curta a página do SINDI-CLUBE no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Jornalistas têm cursos sobre vela e tênis

IMG_3493
Ricardo Reis explicou aspectos do tênis aos jornalistas

Vela e tênis abriram, nos dias 1 e 2 respectivamente, os cursos de junho sobre modalidades olímpicas para jornalistas e estudantes de jornalismo.

Promovida pela Universidade SINDI-CLUBE, em parceria com a Aceesp (Associação de Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo), a série leva aos profissionais da imprensa aspectos táticos, práticos e históricos dos esportes que compõem a grade da maior competição esportiva do mundo.

O vice-presidente da Confederação Brasileira de Vela, John Stuart Bennett, que ministrou a exposição sobre a modalidade, achou a iniciativa uma excelente forma de divulgação.

“É positivo para ambas as partes. Nós, das confederações, difundimos os esportes e os jornalistas absorvem conhecimentos mais específicos e detalhados, que beneficiarão seu trabalho durante a Olimpíada. Pouquíssimas entidades oferecem, atualmente, algo tão enriquecedor. A Universidade SINDI-CLUBE e a Aceesp estão de parabéns”, afirmou.

Ricardo Reis, coordenador do departamento de arbitragem da Confederação Brasileira de Tênis, ressaltou que este contato próximo com a imprensa trará benefícios futuros à modalidade.

“É importante para nós que os jornalistas saibam mais sobre o tênis, pois eles irão transmiti-lo para o público em agosto, quando os Jogos Olímpicos começarem. Acredito que, com os ensinamentos do curso, eles terão mais propriedade e embasamento para comentar e reportar as partidas. Com isso, todos ganham”, concluiu.

Canoagem (7/6) e tiro esportivo (8/6) darão continuidade aos cursos na próxima semana. Interessados em participar devem mandar e-mail para contato@sindiclubesp.com.br.

Visite o portal  e curta a página do SINDI-CLUBE no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Oficina ensina como oferecer diversão e arte para crianças

shutterstock_123166408_PA oficina da Universidade SINDI-CLUBE “Projetos, brincar e ação!” ensina a organizar ações lúdicas em ambientes de brincar, desenvolver as habilidades e conceitos para a gestão do espaço de forma saudável e atraente para as crianças.

Professores, monitores, recreacionistas, brinquedistas e quem deseja desenvolver e aprimorar técnicas de atividades lúdicas em clubes, sala de aula e brinquedotecas não podem perder essa oficina presencial.

A exposição proporciona uma variedade de situações nas quais as crianças são estimuladas a interagir umas com as outras e experimentar diferentes maneiras de se comunicar com criatividade.

A orientadora é a artista plástica Sílvia Cristina Varella Queiroz, especializada em arteterapia e arte aplicada. Inscrições no portal do SINDI-CLUBE.

Clique aqui para mais informações.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Conheça algumas curiosidades sobre as modalidades olímpicas

shutterstock_212257297Desde que começou, em março, a série de cursos sobre modalidades olímpicas para jornalistas e estudantes de jornalismo, promovida pela Universidade SINDI-CLUBE em parceria com a Aceesp (Associação de Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo), faz sucesso entre os profissionais da mídia.

Os participantes aprenderam, além de aspectos técnicos e históricos, curiosidades dos esportes que compõem a maior competição esportiva mundial.

O Blog do SINDI-CLUBE destaca algumas delas:

Badminton: você sabia que a peteca é feita de penas de ganso? Mas só podem ser retiradas de sua asa esquerda, já que o animal repousa sobre a direita.

Arco e flecha: “Robin Hood” é o nome dado quando um arqueiro crava uma flecha na traseira da outra. E o arqueiro pode levá-la para casa, como um “troféu” de seu feito.

Hóquei sobre grama: pouco conhecido no Brasil, é o terceiro esporte mais praticado no mundo. A Índia venceu mais da metade das medalhas de ouro da modalidade em Olimpíadas.

Taekwondo: os atletas gritam durante a execução dos golpes para colocar medo e impressionar os oponentes.

Ginástica artística: quem vê a delicadeza e sofisticação das ginastas não imagina que a modalidade, nascida na Grécia e no Egito por volta de 2600 aC, era utilizada como treinamento militar.

Levantamento de peso: surgiu de uma disputa, nos povos antigos. Quem erguesse os objetos de maior peso era o chefe do grupo. Pouco mais tarde, o esporte tornou-se um tipo de preparação para guerra.

Nado sincronizado: antes de entrar para os Jogos Olímpicos era apresentado em teatros. É uma das poucas modalidades praticadas apenas por mulheres. Existem caixas de som embaixo d’água para as atletas ouvirem a música e não sair do ritmo.

Os cursos sobre modalidades olímpicas prosseguem até junho.

Interessados em participar devem mandar e-mail para contato@sindiclubesp.com.br, com nome, telefone e empresa ou faculdade.

Assista aos vídeos

TV SindiClube_verticalQuem quiser saber mais sobre as modalidades olímpicas já apresentadas pode assistir a íntegra de alguns cursos na TV SINDI-CLUBE.

Estão disponíveis no canal as exposições sobre ginástica artísticabadmintontiro com arcoluta olímpica e hóquei sobre a grama.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Judô encerra cursos sobre modalidades olímpicas de abril

Monteiro explica judô aos presentes
Monteiro explica judô aos presentes

Mais uma etapa de cursos sobre modalidades olímpicas para jornalistas e estudantes de jornalismo, promovidos pela Universidade Sindi-Clube em parceria com a Aceesp (Associação de Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo), foi concluída com sucesso.

O judô encerrou, nesta quinta-feira (28/4), as exposições de abril.

Everton Monteiro, assessor de imprensa da Federação Paulista de Judô, falou sobre prática, regras do esporte que estará na Olimpíada e Paraolimpíada do Rio.

Monteiro acredita que a difusão de conhecimentos proporcionada pelo curso será de grande valia para ambas as partes.

“A experiência foi muito produtiva. Senti que os jornalistas presentes absorveram o conteúdo que transmiti e isso é satisfatório, pois meu objetivo é tornar os aspectos do judô bem claros, para que os profissionais possam retratá-lo melhor durante a Olímpiada e, assim, todo mundo ganha. Fico feliz em participar de uma iniciativa tão maravilhosa como esta do SINDI-CLUBE”, afirma.

Ao longo do mês, outros seis esportes, além do judô, ganharam espaço para apresentação: atletismo, pentatlo moderno, esgrima, handebol, triatlo e golfe.

No total, 21 modalidades que fazem parte da grade olímpica já foram explicadas aos jornalistas, desde que a série começou, em março deste ano.

Os cursos prosseguem até junho e podem ser assistidos presencialmente ou pela internet.

Interessados devem mandar e-mail para contato@sindiclubesp.com.br com nome, telefone, empresa ou faculdade e e-mail.

Assista aos vídeos

Vídeos dos cursos sobre modalidades olímpicas podem ser acessados na TV SINDI-CLUBE.

Veja exposições sobre: ginástica artística, badminton, tiro com arco, luta olímpica e hóquei sobre a grama.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Cursos sobre modalidades olímpicas estão disponíveis no Youtube

TV SindiClube_verticalOs cursos sobre modalidades olímpicas, sucesso entre jornalistas esportivos e estudantes de jornalismo, estão disponíveis na TV SINDI-CLUBE, canal da entidade no Youtube.

Ministrada por profissionais das confederações e federações esportivas, cada exposição explica regras, táticas, histórico, curiosidades e prática de determinada modalidade.

Já estão no ar as apresentações sobre ginástica artística, badminton, tiro com arco, luta olímpica e hóquei sobre a grama.

A série de cursos é uma iniciativa da Universidade SINDI-CLUBE em parceria com a Aceesp (Associação de Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo).

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Jornalistas têm curso de triatlo na Universidade SINDI-CLUBE

Abade falou sobre o triatlo aos jornalistas
Abade falou sobre o triatlo aos jornalistas

O triatlo deu continuidade à série de cursos para jornalistas esportivos sobre modalidades olímpicas, promovida pela Universidade Sindi-Clube em parceria com a Aceesp (Associação de Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo).

Os palestrantes foram os diretores da Federação Paulista de Triathlon, Gustavo Abade e Frederico Wilche.

Foram ensinados aos jornalistas prática, curiosidades e aspectos técnicos, e também dadas informações sobre os principais atletas da modalidade.

Abade acredita que o triatlo será um dos pontos positivos da Olimpíada e elogiou a iniciativa do SINDI-CLUBE.

“Esses cursos são fundamentais. Há uma carência de conhecimento para os jornalistas entenderem as modalidades olímpicas. Por isso, foi aberto esse canal para que eles possam ter mais informações do esporte e, assim, divulgar o triatlo”, comentou.

Na próxima terça-feira (26/4), o golfe será a modalidade apresentada.

Inscrições abertas

As inscrições para as próximas modalidades estão abertas.

Os interessados devem enviar um e-mail para contato@sindiclubesp.com.br com nome completo, empresa, e-mail, telefone e, caso tenha interesse em receber a Revista dos Clubes, endereço completo.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Pentatlo moderno encerra semana de cursos

Fonseca expôs sobre a preparação para o Rio 2016
Fonseca expôs sobre a preparação para o Rio 2016

Encerrou-se mais uma semana de cursos sobre modalidades olímpicas para jornalistas esportivos e estudantes de jornalismo, promovidos pela Universidade Sindi-Clube em parceria com a Aceesp (Associação de Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo).

Nesta quinta-feira (7/4), o pentatlo moderno fechou outra etapa de exposições que ensinam aos profissionais da imprensa um pouco mais sobre os esportes que farão parte da Olimpíada do Rio, em agosto.

Evandro Rodrigues, ex-atleta, Odemir Fonseca, vice-presidente, e Fabiano Barbosa, coordenador técnico e administrativo da Federação Paulista de Pentatlo Moderno, explicaram a modalidade, que é composta por hipismo, esgrima, natação, tiro esportivo e corrida.

Além disso, os palestrantes também contaram sobre os preparativos dos atletas brasileiros para o Rio 2016.

Fonseca comenta como essa ambientação dos jornalistas com outros esportes menos divulgados auxiliará na cobertura dos Jogos Olímpicos.

“Quanto mais o jornalista buscar conhecimento sobre as modalidades, melhor ele conseguirá compreender o que acontece durante a competição e isso aumentará a qualidade de seu produto final, seja em rádio, TV, jornal ou internet”, ressalta.

Inscrições abertas

Seguem abertas as inscrições para participar da série de cursos sobre modalidades olímpicas.

Interessados devem encaminhar e-mail para contato@sindiclubesp.com.br, com as seguintes informações: nome completo, empresa, e-mail, telefone e nomes das modalidades.

A próxima semana terá esgrima, no dia 13, e handebol, 14.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Jornalistas têm dois dias de cursos sobre atletismo

Barros expõe atletismo aos jornalistas
Barros expõe atletismo aos jornalistas

O atletismo abriu a sexta semana da série de cursos sobre modalidades olímpicas, promovida pela Universidade Sindi-Clube em parceria com a Aceesp (Associação de Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo).

Por ser uma modalidade que abrange várias categorias, foi apresentada aos jornalistas em dois dias.

Na terça-feira (5/4), José Arthur Barros, superintendente técnico da Federação Paulista de Atletismo, falou sobre maratonas, marcha atlética, revezamentos e provas de corrida, com e sem obstáculo.

Já na quarta-feira (6/4), Barros explicou os tipos de arremesso (peso, dardo, disco e martelo), decatlo, heptatlo, e os tipos de salto (por altura, distância, triplo e com vara).

Ele ressalta a importância desses cursos para a cobertura dos Jogos Olímpícos.

“Quando você está como ouvinte, leitor ou telespectador, percebe um descompasso no conhecimento por parte de alguns profissionais da grande mídia. Esse contato direto com as federações, com gente que conhece os esportes, servirá para ajustar essa falta de informação, ainda mais no atletismo, que possui várias vertentes e é bem complicado de comentar”, afirma.

A próxima apresentação será sobre pentatlo moderno, nesta quinta-feira (7/4).

O programa também é aberto à participação de estudantes de jornalismo.

Inscrições e mais informações podem ser obtidas no site do Sindi-Clube, em Universidade/Modalidades olímpicas.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Natação e maratonas aquáticas encerram semana de cursos

Callero explica a natação aos jornalistas
Callero explica a natação aos jornalistas

Os esportes aquáticos continuaram pautando os cursos sobre modalidades olímpicas para jornalistas esportivos e estudantes de jornalismo, promovidos pela Universidade Sindi-Clube em parceria com a Aceesp (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo).

Nesta quarta-feira (23/3), foi a vez da natação e das maratonas aquáticas.

Roberto Callero, supervisor de natação da Federação Aquática Paulista (FPA), e Maurício de Oliveira, supervisor de maratonas aquáticas da FPA, foram os palestrantes do dia.

Ao longo da exposição, os jornalistas aprenderam regras, curiosidades, com amplas informações sobre a prática.

Roberto Callero, que explicou a natação, comentou sobre a vantagens que os cursos trarão.

“Com a Olimpíada cada vez mais próxima, os profissionais da mídia procuram se preparar para cobrir todas as modalidades. Com este material, fornecido pelo Sindi-Clube, eles têm maior embasamento para tratar os esportes de forma adequada, ainda mais com a orientação de especialistas das federações”, ressaltou.

A natação possui 13 medalhas em Jogos Olímpicos: um ouro, quatro pratas e oito bronzes.

Medalha inédita

Desde que a maratona aquática estreou na grade olímpica, em Pequim, 2008, o Brasil não conseguiu medalhas na modalidade.

Agora, como a competição será disputada em casa, Maurício de Oliveira está otimista quanto às chances de conquistar o feito inédito.

Além disso, ele fala da importância da iniciativa da Universidade Sindi-Clube para os jornalistas.

Confira a entrevista na íntegra: