Felipe Wu conquista o ouro na Copa do Mundo de tiro esportivo

Wu (centro): vitória no circuito mundial (Foto: ISSF/Divulgação)
Wu (centro): vitória no circuito mundial (Foto: ISSF/Divulgação)

O brasileiro Felipe Wu ganhou, no último sábado (25/6), o título da prova de pistola de 10m na etapa de Baku (Azerbaijão) do Circuito Mundial, último grande evento antes da Olimpíada do Rio de Janeiro.

Para vencer a competição, Wu teve de se recuperar nas eliminatórias, quando ficou em sétimo lugar com 580 pontos, a um de não passar para a decisão.

A medalha de prata foi para o indiano Jitu Rai, enquanto o bronze foi conquistado pelo atual campeão olímpico da prova, o coreano  Jing Jong-oh. Julio Almeida, outro brasileiro na competição, terminou em quarto.

Mesmo tendo ficado de fora do evento-teste, disputado no Rio de Janeiro, essa foi a segunda medalha de ouro do brasileiro, no ano.

Em março, Felipe obteve o título na Tailândia, o que fez com que pulasse para a primeira posição do ranking, na época.

Com esse resultado, Felipe Wu  classificou-se para participar da Grande Final ISSF, que será disputada na cidade de Bologna, Itália, no mês de outubro.

A prova da pistola de 10m é logo no primeiro dia dos Jogos, em 6 de agosto.

Visite o portal  e curta a página do SINDI-CLUBE no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube

Conheça as modalidades olímpicas: hóquei sobre a grama

Brasil tentará classificação para Olimpíada (Foto: Divulgação/CBHG)
Brasil tentará classificação para Olimpíada (Foto: Divulgação/CBHG)

Mesmo sendo um esporte novo e em desenvolvimento no Brasil, o hóquei sobre a grama vem alcançando resultados inéditos, como a classificação da equipe masculina para os Jogos Pan-Americanos de 2015, em Toronto.

Será a primeira vez que a seleção disputará um Pan por meio de um classificatório, já que, em 2007, foi apenas por ser do país sede.

A equipe precisa garantir, no mínimo, a sexta colocação para conseguir uma vaga na Olimpíada de 2016.

Além disso, o Brasil conseguiu o terceiro lugar no mundial de hóquei sobre a grama, realizado na cidade de Guadalajara, México, em setembro.

Esses resultados positivos deixam o gerente-geral da Confederação Brasileira de Hóquei Sobre Grama, Bruno Patrício, otimista.

“A classificação inédita do Brasil para os Jogos Pan-Americanos premia o esforço e a dedicação dos atletas e da comissão técnica. Agora, vamos nos concentrar no Pan de 2015 para tentarmos conquistar a vaga para os Jogos Olímpicos de 2016. Estamos buscando parceiros para viabilizar a melhor preparação possível para os nossos atletas” afirma.

A equipe feminina não irá disputar as olimpíadas no Rio porque não possui um patamar técnico mínimo que garanta a participação em campeonatos de grande porte.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.