Programa Aprendiz encerra o ano com 350 alunos

mrt_7698-blog

O Programa SINDI-CLUBE Aprendiz (PSCA) encerra 2016 exibindo êxitos que comprovam sua utilidade para 350 alunos matriculados, vinculados a 22 clubes paulistas.

Os aprendizes, para cumprir os dois anos do curso, trabalham cinco dias por semana, um deles, para capacitação teórica, nas salas de aulas da Universidade Corporativa SINDI-CLUBE.mrt_7689-blog

Veja fotos das salas de aulas do Programa Aprendiz no Facebook do SINDI-CLUBE.

São 20 horas semanais para que seja estudado o conteúdo composto por 11 módulos de ensino.
10As matérias expostas são as seguintes: Acompanhamento, Reforço e Desenvolvimento Escolar, Administração Esportiva, Eventos Socioculturais e Esportivos, Higiene, Saúde e Meio Ambiente, Modalidades Esportivas, Orientação Empresarial, Primeiros Socorros, Relações Humanas, Rotinas Administrativas, Segurança do Trabalho  e Zeladoria Esportiva.

“Neste ano, o currículo ganhou mais dois módulos – Meio Ambiente, que trata do desenvolvimento sustentável e reaproveitamento de matérias, e Administração Esportiva, que ensina a gestão do esporte como negócio. Isso reforça ainda mais a preparação dos jovens para o ingresso no mercado de trabalho clubístico”, diz coordenadora pedagógica do PSCA, Larissa Leão Gobbo.

Presidente do SINDI-CLUBE comenta programa de aprendizagem

TV SindiClube_verticalEm mais um vídeo postado na TV SINDI-CLUBE, o presidente da entidade, Cezar Roberto Leão Granieri, Betinho, comenta as ações do Programa Sindi-Clube Aprendiz.

A TV Sindi-Clube complementa e amplia a exposição da entidade nas redes sociais, que já é feita pelo Blog do Sindi-Clube, Twitter e Facebook.

No portal do SINDI-CLUBE também há acesso direto para a TV Sindi-Clube.

Assista:

“Se muito fizemos em 2015, mais ainda realizaremos em 2016”

O presidente do Sindi-Clube, Cezar Roberto Leão Granieri, Betinho, comemora os resultados das ações da entidade em 2015 e delineia um novo ano igualmente marcado pela atuação da entidade em suas várias incumbências, nas áreas institucional, de ensino corporativo, aprendizagem, consultorias, convênios de cooperação, comunicação, esporte e cultura.

Betinho “Atingimos os nossos objetivos em 2015 e o saldo que temos é bem positivo. O Sindi-Clube fortaleceu-se como uma entidade bem posicionada institucionalmente, graças às muitas ações que colocamos em prática. Isso nos dá sustentação para prosseguir nesse caminho e nos permite projetar 2016 com a esperança promissora de que teremos um período muito bom, no principal ano da Década do Esporte, pela realização dos Jogos Olímpicos. Temos certeza de que a entidade, novamente, será um suporte valioso para os clubes, em termos de oferta de serviços, num ano que se configura mais difícil para todos. De forma otimista, posso afirmar que, se muito fizemos em 2015, mais ainda realizaremos em 2016”, afirma Betinho.

Acompanhe, a seguir, um resumo das atividades do Sindi-Clube em 2015.

Atuação institucional reforçada

Reunião do Comitê do Esporte (Foto: Master Imagem)
Reunião do Comitê do Esporte (Foto: Master Imagem)

O Sindi-Clube reforçou seu papel de interlocutor do setor com os órgãos do governo, em 2015. Destaca-se o convite feito à entidade pela Secretaria Estadual de Esporte e Lazer para formar o Comitê do Esporte do Estado de São Paulo, integrado por vários presidentes e dirigentes de clubes. O Sindi-Clube também manteve ativa sua participação no Comitê Voluntário de Apoio à Gestão Esportiva da Secretaria Municipal de Esportes.

O presidente do Sindi-Clube e o vice Luís Eduardo Dutra Rodrigues integraram outro Comitê, do Desporto da Fiesp, presidida por Emerson Fittipaldi. Além disso, ainda na parte institucional, a entidade fez importantes gestões na área legislativa, acompanhando de perto a tramitação da lei do zoneamento.

4.800 km percorridos

Encontro Campinas
Encontros com dirigentes: dez cidades visitadas

Com dez cidades visitadas nas diferentes regiões do Estado, a comitiva do Sindi-Clube percorreu 4.800 quilômetros, de abril a outubro, para realizar os “Encontros com dirigentes”.

Os eventos obtiveram ótima receptividade, com o comparecimento de presidentes e diretores que foram conhecer de perto os serviços oferecidos pelo Sindi-Clube e obter informações e orientações administrativas e legais sobre o dia a dia dos clubes.

Encontro de Soluções no Congresso de Clubes

IMG_5557O Sindi-Clube abriu o Congresso Brasileiro de Clubes, em novembro, com o “Encontro de Soluções”. O painel ofereceu palestras e uma sessão de perguntas e respostas com os consultores da entidade, que foram acompanhadas pelos congressistas. Também foi montado um estande no Congresso para recepcionar diretores e presidente paulistas e de outros estados. Os espaços transformaram-se em ponto de encontro de dirigentes de todo o país.

Convenção de Trabalho

199Em sua principal missão institucional, o Sindi-Clube fechou com o Sindesporte o acordo de trabalho para os próximos 12 meses, que, dada a atual situação econômica, proporciona reajuste salarial em duas etapas.

Com o mesmo equilíbrio, a entidade prossegue em tratativas com o Sinpefesp para também fechar a convenção de trabalho para os profissionais de educação física. Até o fechamento desta edição o acordo não havia sido concluído.

Programa Aprendiz ganha mais reconhecimento

O Programa Sindi-Clube Aprendiz (PSCA) recebeu o chamado do Ministério do Trabalho
para explicar seu conteúdo de formação de aprendizes aos clubes do estado do Rio de Janeiro, num evento promovido pelo Ministério Público do Trabalho.

IMG_2357O reconhecimento dos órgãos oficiais do Trabalho enaltece o PSCA, que já atendeu mais de 5 mil jovens, desde que foi instituído, em 2005. Somente em 2015, 500 alunos passaram pelas salas de aula do Programa. Participam 24 clubes que mantêm 315 aprendizes inscritos para receber orientação teórica na Universidade Sindi-Clube que, além da formação dos jovens, capacita orientadores de aprendizagem e instrutores do PSCA.

Mais convênios celebrados

Sobrasa: convênio divulga técnicas de salvamento
Sobrasa: técnicas de salvamento

O Sindi-Clube fechou mais três importantes convênios em 2015. Com o Instituto Mauá de Tecnologia, para a realização do Seminário de Esportes (veja abaixo) e desenvolvimento de parcerias no âmbito acadêmico, com a Federação Paulista de Handebol, para desenvolver a modalidade nos clubes e oferta de cursos, um deles já realizado, que foi dedicado a jornalistas. Ainda foi feito acordo de cooperação com a Sobrasa (Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático), para a divulgação de técnicas de salvamento e prevenção em piscinas de clubes.

Universidade realiza Seminário com sucesso

1717
Seminário teve participação recorde

A realização do Seminário de Esportes foi atividade de destaque da Universidade Sindi-Clube, em 2015. O evento obteve número recorde de inscritos, com 145 profissionais participantes, vindos de clubes da capital, interior, litoral e também de cidades gaúchas e do Distrito Federal.

Em suas atividades, a Universidade Sindi-Clube teve 862 alunos inscritos nos 29 cursos que ministrou, sendo nove deles in company. Participaram dessas atividades, que também são transmitidas pela internet, colaboradores de 93 clubes.

Novas consultorias: marketing e projetos incentivados

Clubes passaram a ter consultoria de marketing
Clubes passaram a ter consultoria de marketing

O Sindi-Clube passou a disponibilizar duas novas consultorias, para as áreas de marketing e projetos incentivados, que obtiveram boa resposta dos clubes, em 2015.

Além disso, a Consultoria do Sindi-Clube respondeu, a centenas de consultas enviadas por e-mail, que esclareceram dúvidas administrativas e jurídicas, com profissionais das áreas trabalhista, fiscal, tributária e estatutária. Há também o atendimento online, que é feito semanalmente, via internet, para responder a dúvidas em tempo real.

Números grandiosos do Pepac

O maior torneio interclubes do país continua a exibir números grandiosos. Em 2015, o Programa Esportivo para Associados de Clubes (Pepac) teve a inscrição de 3.611 atletas de 47 clubes da capital, Grande São Paulo e interior, que disputaram 1.999 jogos no decorrer do ano, conforme exposto no quadro:

  Vôlei Futsal Handebol Total
Clubes 42 21 3 47
Equipes 168 65 3 236
Categorias 11 5 1 17
Jogos 1.399 586 14 1.999
Atletas 2.312 1.248 51 3.611

IMG_4634O coroamento do sucesso do Pepac foi na grandiosa festa de premiação das jogadoras do vôlei máster feminino (veja na pág. 11). Neste ano, o Pepac instituiu a premiação dos melhores jogadores e técnicos, nas modalidades vôlei menores e futsal. Os três melhores atletas de cada categoria foram selecionados pelos técnicos e depois eleitos por voto eletrônico, diretamente no portal do Sindi-Clube, numa enquete que recebeu 7.500 participações.

 

Recorde no Prêmio Literário

Circuito de Corais de Natal no Pinheiros (Foto: Rodrigo Sodré)

Na área cultural, o Prêmio Sindi-Clube/Academia Paulista de Letras de Poesia, Crônica e Conto obteve, em 2015, o recebimento recorde de trabalhos literários de 123 associados de 29 clubes localizados em 13 cidades paulistas. Essa participação representa um crescimento de 66% em relação ao verificado no concurso de 2014 (leia na pág. 24).

Os Clubes de Leitura também se mantiveram muitos ativos e, hoje, já existem em 15 em entidades associadas ao Sindi-Clube. Além disso, o Circuito de Corais manteve sua trajetória de realizar vários espetáculos durante o ano, os últimos dois com músicas de Natal, realizados no Esporte Clube Pinheiros e no São Paulo Futebol Clube.

Sindi-Clube muito visto na internet

O Sindi-Clube foi muito visto nas mídias sociais, em 2015. O Blog do Sindi-Clube (blogdosindiclube.wordpress.com), por exemplo, teve 27.714 visualizações, somente de janeiro a novembro. O portal da entidade (www.sindiclubesp.com.br) foi ainda mais acessado, com 37 mil visitantes e 164 mil visualizações de páginas.

shutterstock_65157943A comunicação obteve espaços para entrevistas do presidente do Sindi-Clube em vários programas de rádio e TV. Também houve a publicação deartigos, o último deles no portal da Folha de São Paulo.

Para obter o sucesso nos “Encontros com dirigentes”, foi feita uma intensiva ação de telemarketing para convidar os dirigentes das diferentes regiões do Estado. Toda essa movimentação mostra que o Sindi-Clube gera muito conteúdo. Isso se refletiu nas páginas da Revista dos Clubes que, no próximo ano, passará a ter edições mensais.

Visite o portal do Sindi-Clube e curta nossa página no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Universidade Sindi-Clube oferece formação para instrutores de aprendizagem em esportes

Aprendizes bO curso presencial da Universidade Sindi-Clube “Capacitação de orientadores de aprendizagem do Programa Sindi-Clube Aprendiz” forma instrutores do Programa que dá cumprimento à Lei do Aprendiz, que obriga os clubes a terem cotas de 5% a 15% dos funcionários compostas por aprendizes.

O curso é dirigido a profissionais das áreas esportiva, administrativa, educacional, de saúde e sociocultural.

O Programa Sindi-Clube Aprendiz é o único curso do país validado pelo Ministério do Trabalho e Emprego no Cadastro Nacional de Aprendizagem.

Exposição dos consultores especializados do Sindi-Clube Reginaldo Teixeira Rosa e Valter Piccino.

Quando: 28 de abril, das 9h às 18h.

Saiba mais sobre o curso aqui.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Universidade Sindi-Clube oferece curso de formação para instrutores de aprendizagem em esportes

Sindiclube - 10/05/2010 - Foto: RUBENS CHIRI/PERSPECTIVA

O curso presencial da Universidade Sindi-Clube “Capacitação de orientadores de aprendizagem do Programa Sindi-Clube Aprendiz” forma instrutores do Programa que dá cumprimento à Lei do Aprendiz, que obriga os clubes a terem cotas de 5% a15% dos funcionários compostas por aprendizes.

O curso é dirigido a profissionais das áreas esportiva, administrativa, educacional, de saúde e sociocultural.

O Programa Sindi-Clube Aprendiz é o único curso do país validado pelo Ministério do Trabalho e Emprego no Cadastro Nacional de Aprendizagem. Exposição dos consultores especializados do Sindi-Clube Reginaldo Teixeira Rosa e Valter Piccino.

Quando: 28 de abril, das 9h às 18h.

Saiba mais sobre o curso aqui.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Academias de São Paulo já podem matricular jovens no Programa Sindi-Clube Aprendiz

As academias de ginástica, tênis e natação de São Paulo poderão matricular jovens contratados para aprendizagem para receber formação no Programa Sindi-Clube Aprendiz.

Terão essa possibilidade os estabelecimentos associados ao Sindicato das Academias de São Paulo, que firmou convênio de cooperação com o Sindi-Clube, nesta terça-feira (24/7). A entidade congrega estabelecimentos de esportes aquáticos, aéreos e terrestres em todo o Estado.

  O termo foi assinado na sede do Sindi-Clube pelos presidentes das duas entidades, Gilberto Bertevello e Cezar Roberto Leão Granieri.

Pelo acordo, as academias poderão matricular aprendizes  no curso de formação  com as mesmas condições oferecidas pelo Sindi-Clube aos clubes.

“Procuramos o Sindi-Clube porque é uma entidade séria, que mantém um programa de aprendizagem aprovado pelas autoridades do trabalho”, afirmou Bertevero.

O presidente do Sindi-Clube lembrou que o Programa Sindi-Clube Aprendiz foi instituído em 2005 para dar cumprimento da Lei 10.097/00 e que aparece como o único curso da área de esporte e lazer validado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) no Cadastro Nacional de Aprendizagem.

“Temos um curso para formar jovens em todas as atividades dos clubes e, igualmente, às das academias. Com esse convênio, os dois sindicatos incentivam seus associados a investir na inclusão do jovem no mercado de trabalho’, disse Granieri.

Granieri e Bertevero: inclusão de jovens no mercado de trabalho

O convênio foi firmado depois que academias fiscalizadas pelo MTE e Ministério Público do Trabalho (MPT) procuraram o Sindi-Clube.

Os estabelecimentos firmaram um Termo de Ajustamento de Conduta com o MPT, no qual se comprometem a matricular seus aprendizes no programa de aprendizagem do Sindi-Clube, que oferece formação específica para o setor.

O QUE É O PROGRAMA SINDI-CLUBE APRENDIZ

O Programa Sindi-Clube Aprendiz foi instituído em 2005 para ser aplicado em todas as atividades dos clubes e facilitar o cumprimento da Lei 10.097/00, que obriga os clubes e empresas a terem uma cota de 5% a 15% de seus funcionários composta por aprendizes.

Com 22 clubes vinculados, o Programa já atendeu mais de 1.800 jovens e aparece como o único curso validado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) no Cadastro Nacional de Aprendizagem.

O conteúdo didático do Programa é de dois anos, com nove disciplinas: Atividades Esportivas, Modalidades Esportivas, Relações Humanas, Orientação Empresarial, Higiene, Saúde e Segurança do Trabalho, Primeiros Socorros e Respeito à Vida, Atividades Administrativas, Atividades Clubísticas, Acompanhamento, Desenvolvimento e Reforço Escolar.

As aulas são ministradas em salas que possuem todos os recursos técnicos – na entrada e no intervalo das aulas é servido um lanche. Os jovens inscritos no curso ficam habilitados a trabalhar como aprendizes nos clubes e, no fim do aprendizado, recebem o certificado de conclusão.

Para mais informações, o telefone é (11) 5054-5464.

Veja mais aqui

Programa Sindi-Clube Aprendiz vai oferecer banco de vagas

Jovens do Programa Sindi-Clube Aprendiz

Ferramenta vai facilitar a comunicação entre os jovens que procuram oportunidade de trabalho e clubes que querem contratar

O Programa Sindi-Clube Aprendiz vai disponibilizar, a partir de agosto, um banco de vagas e currículos no portal do Sindicato (www.sindiclubesp.com.br). A novidade funcionará gratuitamente como uma ferramenta de consulta para a área de recursos humanos dos clubes.

Esse banco de novos talentos permitirá aos jovens cadastrar currículos. Os gestores, mediante login e senha, poderão examinar as informações e entrar em contato direto com os aprendizes interessados em se colocar nos clubes. Da mesma forma, os clubes conseguirão anunciar vagas existentes.

A consulta será feita com auxílio de filtros de pesquisa. O gestor, por exemplo, irá selecionar candidatos de acordo com a faixa etária, proximidade da residência do interessado com o clube e horário que o aprendiz tem disponível para o trabalho. Os aprendizes, por sua vez, também terãomeios para escolher o clube mais conveniente.

Comunicação facilitada

Segundo a coordenadora pedagógica do Sindi-Clube Aprendiz, Larissa Gobbo, o Programa recebia muito pedidos de pais e aprendizes interessados em vagas, inclusive com o envio de currículos.

“O objetivo da criação do banco de currículos e vagas é organizar e facilitar a comunicação entre os jovens que procuram o primeiro emprego e os clubes que desejam contratá-los”, explica.

Larissa orienta que os clubes, além de anunciarem suas vagas, encaminhem os jovens que os procuram para o uso do banco de currículos, para que a ferramenta atinja seus objetivos.

Jovem interessado 

Olivier: promessa de empenho e dedicação

Olivier Christopher Mingels, 16 anos, cursando a oitava série, é um dos jovens que cadastraram seus currículos e que esperam ser chamados por um clube. “Quem me contratar como aprendiz pode contar com muita dedicação, pois vou me esforçar muito para aprender e cumprir com as obrigações do meu trabalho. Quero ter meu rendimento, projetar meu futuro e ajudar a minha família. Trabalhar em um clube pode me ajudar muito nisso que pretendo”, diz.

 

 

O que é o Programa Sindi-Clube Aprendiz

O Programa Sindi-Clube Aprendiz foi instituído em 2005 para ser aplicado em todas as atividades dos clubes e facilitar o cumprimento da Lei 10.097/00, que obriga os clubes e empresas a terem uma cota de 5% a 15% de seus funcionários composta por aprendizes.

Com 22 clubes vinculados, o Programa já atendeu mais de 1.200 jovens e aparece como o único curso validado pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) no Cadastro Nacional de Aprendizagem.

O conteúdo didático do Programa é de dois anos, com nove disciplinas: Atividades Esportivas, Modalidades Esportivas, Relações Humanas, Orientação Empresarial, Higiene, Saúde e Segurança do Trabalho, Primeiros Socorros e Respeito à Vida, Atividades Administrativas, Atividades Clubísticas, Acompanhamento, Desenvolvimento e Reforço Escolar.

As aulas são ministradas em salas que possuem todos os recursos técnicos – na entrada e no intervalo das aulas é servido um lanche. Os jovens inscritos no curso ficam habilitados a trabalhar como aprendizes nos clubes e, no fim do aprendizado, recebem o certificado de conclusão.

Mais informações pelo telefone (11) 5054-5464.