Cursos sobre modalidades olímpicas estão disponíveis no Youtube

TV SindiClube_verticalOs cursos sobre modalidades olímpicas, sucesso entre jornalistas esportivos e estudantes de jornalismo, estão disponíveis na TV SINDI-CLUBE, canal da entidade no Youtube.

Ministrada por profissionais das confederações e federações esportivas, cada exposição explica regras, táticas, histórico, curiosidades e prática de determinada modalidade.

Já estão no ar as apresentações sobre ginástica artística, badminton, tiro com arco, luta olímpica e hóquei sobre a grama.

A série de cursos é uma iniciativa da Universidade SINDI-CLUBE em parceria com a Aceesp (Associação de Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo).

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Handebol encerra semana de cursos

Nunes ensina posicionamento aos jornalistas
Nunes ensina táticas do esporte aos jornalistas

O handebol fechou, nesta quinta-feira (14/4), mais uma semana de cursos sobre modalidades olímpicas para jornalistas e estudantes de jornalismo.

A iniciativa é uma parceria entre a Universidade Sindi-Clube e a Aceesp (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo).

Além das regras e curiosidades, os jornalistas presentes aprenderam com Washington Nunes, auxiliar técnico da seleção olímpica masculina de handebol, um pouco sobre posicionamento e táticas da modalidade.

Washington elogiou a série de exposições promovidas pelas entidades.

“É bacana ter um meio de passar o maior número de informações possíveis aos jornalistas que cobrirão a Olimpíada. Um evento de tamanha importância precisa de profissionais capacitados e com conhecimento”, comentou.

O Brasil buscará uma medalha inédita no handebol em agosto, nos Jogos Olímpicos do Rio.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Pentatlo moderno encerra semana de cursos

Fonseca expôs sobre a preparação para o Rio 2016
Fonseca expôs sobre a preparação para o Rio 2016

Encerrou-se mais uma semana de cursos sobre modalidades olímpicas para jornalistas esportivos e estudantes de jornalismo, promovidos pela Universidade Sindi-Clube em parceria com a Aceesp (Associação de Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo).

Nesta quinta-feira (7/4), o pentatlo moderno fechou outra etapa de exposições que ensinam aos profissionais da imprensa um pouco mais sobre os esportes que farão parte da Olimpíada do Rio, em agosto.

Evandro Rodrigues, ex-atleta, Odemir Fonseca, vice-presidente, e Fabiano Barbosa, coordenador técnico e administrativo da Federação Paulista de Pentatlo Moderno, explicaram a modalidade, que é composta por hipismo, esgrima, natação, tiro esportivo e corrida.

Além disso, os palestrantes também contaram sobre os preparativos dos atletas brasileiros para o Rio 2016.

Fonseca comenta como essa ambientação dos jornalistas com outros esportes menos divulgados auxiliará na cobertura dos Jogos Olímpicos.

“Quanto mais o jornalista buscar conhecimento sobre as modalidades, melhor ele conseguirá compreender o que acontece durante a competição e isso aumentará a qualidade de seu produto final, seja em rádio, TV, jornal ou internet”, ressalta.

Inscrições abertas

Seguem abertas as inscrições para participar da série de cursos sobre modalidades olímpicas.

Interessados devem encaminhar e-mail para contato@sindiclubesp.com.br, com as seguintes informações: nome completo, empresa, e-mail, telefone e nomes das modalidades.

A próxima semana terá esgrima, no dia 13, e handebol, 14.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Jornalistas têm dois dias de cursos sobre atletismo

Barros expõe atletismo aos jornalistas
Barros expõe atletismo aos jornalistas

O atletismo abriu a sexta semana da série de cursos sobre modalidades olímpicas, promovida pela Universidade Sindi-Clube em parceria com a Aceesp (Associação de Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo).

Por ser uma modalidade que abrange várias categorias, foi apresentada aos jornalistas em dois dias.

Na terça-feira (5/4), José Arthur Barros, superintendente técnico da Federação Paulista de Atletismo, falou sobre maratonas, marcha atlética, revezamentos e provas de corrida, com e sem obstáculo.

Já na quarta-feira (6/4), Barros explicou os tipos de arremesso (peso, dardo, disco e martelo), decatlo, heptatlo, e os tipos de salto (por altura, distância, triplo e com vara).

Ele ressalta a importância desses cursos para a cobertura dos Jogos Olímpícos.

“Quando você está como ouvinte, leitor ou telespectador, percebe um descompasso no conhecimento por parte de alguns profissionais da grande mídia. Esse contato direto com as federações, com gente que conhece os esportes, servirá para ajustar essa falta de informação, ainda mais no atletismo, que possui várias vertentes e é bem complicado de comentar”, afirma.

A próxima apresentação será sobre pentatlo moderno, nesta quinta-feira (7/4).

O programa também é aberto à participação de estudantes de jornalismo.

Inscrições e mais informações podem ser obtidas no site do Sindi-Clube, em Universidade/Modalidades olímpicas.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Luta olímpica abre quinta semana de cursos para jornalistas

Trindade explica luta olímpica aos jornalistas
Trindade explica luta olímpica aos jornalistas

A série de cursos sobre modalidades olímpicas, promovida pela Universidade Sindi-Clube em parceria com a Aceesp (Associação de Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo), continua.

A luta olímpica iniciou, nesta terça-feira (29/3), a quinta semana de exposições para jornalistas esportivos e estudantes de jornalismo.

João Roberto Trindade, ex-presidente da Federação Paulista de Luta Olímpica, colaborador da CBW (Confederação Brasileira de Wrestling) e treinador, apresentou as regras, formas de prática e as diferentes categorias do esporte.

“É interessante que os jornalistas tenham informações mais precisas, de profissionais, pra complementar aquilo que encontram ao pesquisar na internet. Em um ano olímpico, o conhecimento aprofundado melhora a cobertura de um evento tão importante mundialmente”, conclui Trindade.

Rio 2016

Os atletas da luta olímpica brasileira nunca ganharam medalhas em olimpíadas.

A conquista inédita na competição pode vir em agosto, no Rio.

É a primeira vez, na história dos Jogos, que a seleção brasileira contará com mais de dois atletas.

Até o momento, quatro mulheres e um homem representarão o Brasil: Aline Silva, Joice Silva, Lais Nunes, Gilda Oliveira e Antoine Jaoude.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Natação e maratonas aquáticas encerram semana de cursos

Callero explica a natação aos jornalistas
Callero explica a natação aos jornalistas

Os esportes aquáticos continuaram pautando os cursos sobre modalidades olímpicas para jornalistas esportivos e estudantes de jornalismo, promovidos pela Universidade Sindi-Clube em parceria com a Aceesp (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo).

Nesta quarta-feira (23/3), foi a vez da natação e das maratonas aquáticas.

Roberto Callero, supervisor de natação da Federação Aquática Paulista (FPA), e Maurício de Oliveira, supervisor de maratonas aquáticas da FPA, foram os palestrantes do dia.

Ao longo da exposição, os jornalistas aprenderam regras, curiosidades, com amplas informações sobre a prática.

Roberto Callero, que explicou a natação, comentou sobre a vantagens que os cursos trarão.

“Com a Olimpíada cada vez mais próxima, os profissionais da mídia procuram se preparar para cobrir todas as modalidades. Com este material, fornecido pelo Sindi-Clube, eles têm maior embasamento para tratar os esportes de forma adequada, ainda mais com a orientação de especialistas das federações”, ressaltou.

A natação possui 13 medalhas em Jogos Olímpicos: um ouro, quatro pratas e oito bronzes.

Medalha inédita

Desde que a maratona aquática estreou na grade olímpica, em Pequim, 2008, o Brasil não conseguiu medalhas na modalidade.

Agora, como a competição será disputada em casa, Maurício de Oliveira está otimista quanto às chances de conquistar o feito inédito.

Além disso, ele fala da importância da iniciativa da Universidade Sindi-Clube para os jornalistas.

Confira a entrevista na íntegra:

Curso explica esportes aquáticos para jornalistas e estudantes de jornalismo

IMG_3026
Ana Paula Oliveira expõe sobre nado sincronizado e saltos ornamentais

Os esportes aquáticos atraíram jornalistas esportivos e estudantes de jornalismo para o auditório do Sindi-Clube, nesta terça-feira (22/3).

Nado sincronizado, saltos ornamentais e polo aquático deram continuidade à série de cursos sobre modalidades olímpicas, promovida pela Universidade Sindi-Clube em parceria com a Aceesp (Associação de Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo).

Os expositores Ana Paula Oliveira, supervisora de nado sincronizado e saltos ornamentais da Federação Aquática Paulista, e Erik Seegerer, ex-atleta e supervisor de polo aquático da Federação Aquática Paulista, explicaram não só a prática e a história dos esportes, mas também curiosidades e episódios marcantes do Brasil em competições.

Ana Paula ressaltou que a quantidade de informações, fornecidas através da iniciativa da Universidade Sindi-Clube, auxiliará na divulgação de modalidades menos mencionadas pela mídia.

“Agora os profissionais da imprensa terão mais propriedade para abordar os esportes aquáticos. É importante, em uma Olimpíada, transmitir e reportar os acontecimentos de forma coesa, com conteúdo, e isso só é possível quando a pessoa sabe o que está acontecendo ali. Por isso, a exposição é fundamental”, afirmou.

Raíssa Fernandes, recém-formada em jornalismo, compareceu ao curso para aperfeiçoar seus conhecimentos.

“Tenho interesse na área esportiva, mas sabia muito pouco de alguns esportes. A oportunidade que o Sindi-Clube deu é maravilhosa e agregará muito, tanto ao currículo quanto à vida. É sempre bom buscarmos novas aprendizagens, principalmente com os Jogos Olímpicos se aproximando”, afirma.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Levantamento de peso encerra terceira semana de cursos sobre modalidades olímpicas

Reis: propagação da modalidade
Reis: propagação da modalidade

Mais uma semana de cursos sobre modalidades olímpicas para jornalistas esportivos e estudantes de jornalismo, promovidos pela Universidade Sindi-Clube em parceria com a Aceesp (Associação de Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo), chega ao fim.

O levantamento de peso encerrou, nesta quinta-feira (17/3), a terceira etapa de exposições que ensinam aos profissionais da imprensa um pouco mais sobre os esportes que farão parte da Olimpíada do Rio, em agosto.

Horácio Reis, presidente da Federação Paulista de Levantamento de Peso, explicou a modalidade aos que assistiram, tanto presencialmente, quanto via internet, a apresentação.

Para Reis, a iniciativa da Universidade Sindi-Clube é fundamental para a propagação de outros esportes, menos conhecidos, no Brasil.

“Normalmente a imprensa desconhece a variedade de modalidades que está na grade olímpica. É fantástico que o Sindi-Clube se preocupe em mediar esse contato entre os especialistas, que conhecem e vivenciam, e o jornalista, que nunca teve contato. Isso só trará benefícios – para ambas as partes, para o público e para o torneio em si”, conclui.

Ele também acredita que o Brasil tem chance de medalha no levantamento de peso com Fernando Reis, ouro no Pan-Americano de Toronto, no ano passado.

Inscrições abertas

Seguem abertas as inscrições para participar da série de cursos sobre modalidades olímpicas.

Interessados precisam encaminhar e-mail para contato@sindiclubesp.com.br, com as seguintes informações: nome completo, empresa, e-mail, telefone e nomes das modalidades.

A próxima semana terá nado sincronizado, saltos ornamentais e polo aquático, no dia 22, e natação e maratonas aquáticas, no dia 23.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Veja as fotos da palestra do diretor de comunicação dos Jogos Olímpicos

Mario Andrada afirmou que o cronograma está sendo cumprido conforme foi planejado
Mario Andrada sobre o cronograma olímpico

O cronograma dos Jogos Olímpicos está sendo cumprido conforme foi planejado e o evento estará pronto para receber os 25 mil jornalistas credenciados, e outros 8 mil não credenciados, que farão a cobertura das competições a partir de agosto, no Rio de Janeiro.

Foi o que garantiu o diretor de Comunicação para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos, Mario Andrada e Silva, em palestra realizada nesta quarta-feira (16/3), na Universidade Sindi-Clube.

As fotos estão disponíveis na página do Sindi-Clube no Facebook.

A atividade faz parte da série de cursos sobre modalidades olímpicas oferecida a jornalistas e estudantes de jornalismo pela Universidade Sindi-Clube, em parceria com a Aceesp (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo).

Saiba mais sobre a palestra aqui.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Supervisor olímpico mistura história e prática, em curso sobre taekwondo

Negrão e Santos demonstram prática do taekwondo aos jornalistas
Negrão e Santos demonstram prática do taekwondo aos jornalistas

O taekwondo deu sequência, nesta terça-feira (15/3), aos cursos sobre modalidades olímpicas para jornalistas e estudantes de jornalismo, promovidos pela Universidade Sindi-Clube em parceria com a Aceesp (Associação de Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo).

Carlos Negrão, supervisor da equipe olímpica brasileira de taekwondo para 2016, abordou a história da modalidade, prática, curiosidades, atletas e histórico em competições.

Negrão foi comentarista, em edições anteriores, de veículos de comunicação.

IMG_2915Ele fala sobre como as exposições feitas pela Universidade a jornalistas auxiliarão na cobertura do maior evento esportivo mundial.

“É uma fonte para os profissionais de imprensa terem um suporte rápido de informação a respeito de uma modalidade que terão que cobrir ou comentar. Já vi jornalistas experientes com dificuldades por falta de conhecimento. Eles buscavam informações na internet, muitas vezes contraditórias, então o Sindi-Clube abre uma porta para aperfeiçoar coberturas e transmissões, e divulgar o esporte”, comenta.

Além dele, o atleta Caíque Santos também esteve presente e auxiliou na demonstração de regras do esporte.

Pensando no futuro

IMG_2940
Oliveira: expandir conhecimentos

O estudante de jornalismo Leonardo Oliveira Paz, da Universidade Anhembi Morumbi, acompanhou o curso e pretende seguir no meio esportivo.

Para isso, Leonardo se prepara desde cedo e busca obter conhecimento em diversas modalidades para expandir seu leque de opções no mercado de trabalho.

“É importante conhecer melhor outros esportes, pois outras oportunidades surgem a partir daí. Temos no Brasil práticas que são mais conhecidas, outras menos e, cursos assim, nos dão autonomia para abordá-los de forma correta. É um investimento no futuro”, ressalta.

Taekwondo no Rio

O taekwondo brasileiro possui apenas uma medalha em Jogos Olímpicos: Natália Falavigna conquistou bronze em Pequim, 2008.

Apesar disso, o Brasil contará com quatro atletas na próxima edição, que são as esperanças de um ouro inédito em casa.

Iris Tang Sing é a única atleta classificada até o momento, pois ficou entre os seis primeiros colocados no ranking olímpico da Federação Internacional de Taekwondo.

Os outros três ainda serão selecionados.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.