Quer melhorar a eficiência na corrida? Saiba quais são os fatores determinantes

correndoTuribio Barros*

A economia de corrida é definida como o gasto de energia para correr a uma certa velocidade.

Esta variável é considerada um dos fatores mais importantes na performance em corridas de longa duração.

Inúmeros trabalhos científicos têm estudado seus fatores determinantes, no intuito de incorporar aos programas de treinamento estratégias que possam melhorar a eficiência biomecânica para correr e, consequentemente, melhorar a economia de corrida.

O fator biótipo corporal é quase um consenso como o determinante, e os estudos com corredores africanos confirmam a enorme prevalência deste indicador de desempenho e sua relação com o desempenho.

Outros fatores têm sido estudados como determinantes de melhora da eficiência para correr:

– Treinamento de força: programas de fortalecimento muscular trazem evidências de melhorar transmissão de força,  repercutindo em melhora da eficiência.

– Aclimatização à altitude: a adaptação à altitude, além de proporcionar uma melhora no sistema de transporte de oxigênio, aumentando o número de glóbulos vermelhos, parece ser capaz de trazer adaptações enzimáticas que melhoram a eficiência mecânica.

– Calçado minimalista: existem estudos que demonstram uma melhora da economia de corrida com o uso dos calçados minimalistas. Vale a pena lembrar a necessidade de um longo processo de adaptação ao uso desses calçados para evitar lesões.

– Alongamento e flexibilidade: a melhora da flexibilidade é também um fator determinante, entretanto parece existir um grau ideal de flexibilidade para melhorar a eficiência, com grande variabilidade individual.

– Suplementos nutricionais: a cafeína e a arginina têm sido estudadas como suplementos com potencial benefício para melhorar a economia de corrida, seus efeitos estão relacionados respectivamente ao uso de substratos energéticos e à melhor perfusão de sangue para os músculos.

A economia de corrida será sempre um fator a ser valorizado nos programas de treinamento, lembrando que para correr mais rápido e por mais tempo será sempre importante diminuir o gasto de energia exigido.

*Turibio Barros é mestre e doutor em Fisiologia do Exercício pela EPM (Escola Paulista de Medicina). Foi membro do American College of Sports Medicine, fisiologista do São Paulo FC e coordenador do departamento de fisiologia do E C Pinheiros. Atualmente, escreve para o site EuAtleta e mantém seu site www.drturibio.com

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Facebook
Facebook
Google+
http://blog.sindiclubesp.com.br/quer-melhorar-a-eficiencia-na-corrida-saiba-quais-sao-os-fatores-determinantes/">
Twitter
Visit Us
YouTube
YouTube
Pinterest
LinkedIn
RSS
Notícias por Email
SHARE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *