Paulistas são 38% dos clubes que pediram recursos da Lei Pelé

icones esportes

A Confederação Brasileira de Clubes (CBC) divulgou a lista de 29 clubes que solicitaram recursos previstos na Lei Pelé. Desses, 11 são paulistas, 38% do total, sendo quatro deles do interior de São Paulo.

A CBC é a entidade legalmente encarregada de receber e analisar as propostas, para posterior liberação de verbas para o desenvolvimento de projetos de formação esportiva em modalidades olímpicas e paraolímpicas.

Esses recursos são repassados à CBC pelo Ministério do Esporte e correspondem a 0,5% do arrecadado com loterias.

Os clubes responderam a dois editais de chamamento que prevê a destinação de recursos para a compra de equipamentos para a formação de atletas.

O primeiro deles prevê a destinação de R$ 20 milhões para o esporte olímpico, sendo que os projetos poderiam ter valor mínimo de R$ 100 mil e máximo de R$ 2 milhões.

O outro edital foi destinado ao esporte paraolímpico, no valor de R$ 6 milhões, para projetos com valor mínimo de R$ 100 mil e máximo de R$ 500 mil.

Agora, os projetos serão encaminhados para análise da Comissão Técnica.

Uma vez aprovados, os recursos serão autorizados à aplicação pelos clubes.

Essa liberação marcará o início de uma consistente via de financiamento, na década do esporte.

Veja aqui a relação dos clubes aptos a receber recursos da Lei Pelé.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Facebook
Facebook
Google+
http://blog.sindiclubesp.com.br/paulistas-sao-38-dos-clubes-aptos-a-receber-recursos-da-lei-pele/">
Twitter
Visit Us
YouTube
YouTube
Pinterest
LinkedIn
RSS
Notícias por Email
SHARE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *