Hebraica receberá seleções de Japão e Israel e prevê ganho técnico para o clube

Gelberg: intercâmbio técnico com delegações olímpicas (Foto: Divulgação)
Gelberg: intercâmbio técnico com delegações olímpicas (Foto: Divulgação)

Entre o final de julho e começo de agosto deste ano, a Associação A Hebraica de São Paulo receberá atletas olímpicos do Japão e Israel, que farão treinamentos em suas instalações, no período que antecede os Jogos Olímpicos que serão realizados no Rio de Janeiro.

Estarão no clube integrantes da equipe japonesa de natação (58 pessoas) e as de judô, atletismo e natação de Israel (45).

Entrevistado pela Revista dos Clubes, o presidente da Hebraica, Avi Gelberg, fala como pretende aproveitar a proximidade com as delegações estrangeiras para intercâmbio técnico e ressalta o papel desempenhado pelos clubes na identificação e preparação de futuros atletas olímpicos para o país.

Acompanhe a entrevista:

O que traz de benefícios para a Hebraica receber a seleção japonesa de natação, uma das melhores do mundo, e como o clube pretende aproveitar essa proximidade para intercâmbio técnico?

Avi Gelberg: É um orgulho ter uma seleção desse quilate, isso já motiva os nossos nadadores e associados. Nossos técnicos vão acompanhar os atletas japoneses e vamos ter algumas reuniões com eles, em que vamos tentar aproveitar as novas tendências e o que tem de mais avançado para a preparação de atletas. Para maior aproximação, pretendemos convidar pessoas da colônia japonesa de São Paulo para acompanhar os treinos.

Além dos laços naturais e tradicionais, qual o significado para a Hebraica de recepcionar os atletas de judô, atletismo e natação de Israel?

Avi Gelberg: Teremos mais modalidades nessa delegação que na do Japão. É conhecida a busca de excelência pela delegação de Israel, então, será fácil absorver novas ideias e tecnologias, em que o país se destaca. Só como curiosidade, uma atleta da Hebraica, Camila Minakawa, treina na seleção de judô de Israel, buscando a classificação para a Olimpíada e isso nos aproxima ainda mais.

Qual será a destinação da receita extra obtida para a cessão das instalações para o Japão e Israel?

Avi Gelberg: A receita extra faz parte do investimento permanente no esporte que a Hebraica pratica desde 1953, o ano de sua fundação. Com certeza, os valores que investimos são muito maiores do que essa receita. A Hebraica sempre está em busca de recursos para incentivar o esporte.

O que os associados da Hebraica irão ganhar com a convivência com os atletas olímpicos?

Avi Gelberg: Os associados da Hebraica terão uma experiência única e histórica de conviver com as seleções olímpicas.  Temos que entender a grandeza e a simbologia de ter delegações dentro do nosso clube. É obvio que temos um elo forte com Israel, com raízes na tradição judaica, que aumentará a vibração dentro do clube. A delegação japonesa é um espelho para nosso associado, na busca constante de excelência. Portanto, o nosso sócio receberá um pacote completo e inédito.

Como o senhor vê os clubes no contexto dos esportes olímpicos?

Avi Gelberg: Sem dúvida, os clubes têm um papel fundamental na identificação e preparação de atletas olímpicos. Nós, na Hebraica, trabalhamos hoje com um programa, “Hebraica de 2 a 20”, em que buscamos descobrir as crianças com potencial, para fazer um trabalho específico de capacitação com os destaques. Dependendo da modalidade, os selecionados continuam a preparação no clube ou em outros clubes irmãos, como Pinheiros, Paulistano, etc. É importante trabalhar junto com o Comitê Olímpico, no dia a dia, porque só assim teremos um grande número de atletas para fortalecer o esporte brasileiro.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Facebook
Facebook
Google+
http://blog.sindiclubesp.com.br/hebraica-recebera-selecoes-de-japao-e-israel-e-preve-ganho-tecnico-para-o-clube/">
Twitter
Visit Us
YouTube
YouTube
Pinterest
LinkedIn
RSS
Notícias por Email
SHARE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *