Experiência x limite: confira três erros comuns entre os corredores veteranos

shutterstock_142335877

Gustavo Luz*

Tem corredor que é teimoso.

Principalmente aqueles que já treinam há bastante tempo.

Muitos se recusam a reduzir o ritmo, caminhar quando necessário ou correr menos dias por semana, mesmo quando deixam de se divertir e começam a se machucar.

Mas mudar faz bem.

A estratégia certa pode tornar os seus treinos mais prazerosos e aumentar a sua vida útil na corrida.

Confira abaixo três erros bastante comuns entre os corredores mais experientes.

Não descansar adequadamente antes das provas

Essa fase de “polimento” pode gerar alguma ansiedade.

É como se, ao reduzirmos a dificuldade dos treinos, pudéssemos perder todo o condicionamento conquistado em meses.

Mas, nesse momento, correr menos é crucial para os músculos se recuperarem, para o corpo estocar mais energia e para dar um descanso para a cabeça.

Seguem abaixo sugestões de quanto tempo antes das provas vale à pena começar a reduzir o ritmo:

5 km: de 4 a 5 dias.

10 km: uma semana.

21 km: duas semanas.

42 km: três a quatro semanas.

Acelerar demais em treinos regenerativos

Quando você considera que os seus dias mais fáceis aparecem justamente quando está mais cansado e com a musculatura mais sensível, faz sentido pegar leve com as pernas.

Para aqueles que não conseguem correr confortavelmente devagar nesses dias, saiba que isso pode atrapalhar os seus treinos mais duros e as competições.

Uma boa sugestão é usar um monitor de frequência cardíaca.

Assim você se baseia em um número e não pode ultrapassá-lo.

Não organizar os ciclos de treinamento

Quando saímos daquele estágio inicial no qual apenas queremos dar uma “corridinha” e nos tornamos corredores de verdade, entendemos a necessidade de um treinamento adequado.

O treinador é o profissional responsável por criar um programa de treinos individualizado, planejado, estruturado, capaz de alcançar suas metas com a maior probabilidade de sucesso e com o menor risco de lesão ou outro problema de saúde.

*Gustavo Luz, educador físico, treinador de corrida e triatlo desde 2006 e praticante há quase 15 anos. Diretor técnico da G-Luz Top Team vive atento a tudo que se refere à fisiologia do exercício. Também fala com o conhecimento empírico de quem está sempre frequentando as competições.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube. 

Facebook
Facebook
Google+
http://blog.sindiclubesp.com.br/experiencia-x-limite-confira-tres-erros-comuns-entre-os-corredores-veteranos/">
Twitter
Visit Us
YouTube
YouTube
Pinterest
LinkedIn
RSS
Notícias por Email
SHARE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *