Conheça as modalidades paraolímpicas: futebol de 7

Futebol de 7: Brasil já conquistou duas pratas
Futebol de 7: Brasil já conquistou duas pratas (Foto: Getty Images/Phil Cole)

Com grande crescimento em paraolimpíadas, o Futebol de 7, adaptação do esporte mais popular do mundo, entrou no programa dos Jogos de Nova Iorque, em 1984.

O Brasil estreou em Barcelona (1992) e colocou-se em sexto lugar. Depois, conseguiu suas melhores classificações em Sidney (2000) e Atenas (2004), quando conquistou prata nas duas ocasiões.

Apenas homens podem praticar o esporte destinado a atletas com paralisia cerebral, decorrente de sequelas de traumatismo crânio-encefálico ou acidentes vasculares cerebrais.

Os jogadores são avaliados antes das competições e classificados de 5 a 8, sendo a oitava de maior potência funcional.

Todas as classificações devem estar em quadra, há uma regra que determina que, pelo menos, um integrante da classe 5 ou 6 esteja em campo durante todo o tempo de partida e, no máximo, dois da 8.

Atletas de classe 5, com comprometimento nos membros inferiores e que têm restrições para realizar o passe e o chute, comumente atuam como goleiros.

As regras são da Fifa, com algumas adaptações: cada equipe conta com seis jogadores de linha e mais o goleiro, em vez dos tradicionais 11; não há impedimento; a partida tem dois tempos de 30 minutos cada; e o arremesso lateral, normalmente feito com duas mãos no futebol, pode ser executado com uma só.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

 

Facebook
Facebook
Google+
http://blog.sindiclubesp.com.br/conheca-as-modalidades-paraolimpicas-futebol-de-7/">
Twitter
Visit Us
YouTube
YouTube
Pinterest
LinkedIn
RSS
Notícias por Email
SHARE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *