Palestra gratuita da Universidade Sindi-Clube explica como escolher o tipo de aquecimento das piscinas

Foto: Shutterstock
Foto: Shutterstock

O aquecimento do parque aquático, que permite seu uso em todas as estações do ano, pode utilizar vários modelos de aquecedores de água, que se combinam com o sistema hidráulico.

A palestra gratuita presencial “Aquecimento de piscinas” apresenta os vários tipos de equipamentos: solar, gás/diesel, bomba térmica e elétrico.

A exposição estabelece a comparação de custos operacionais entre essas formas de aquecimento.

O palestrante é Nilson Maierá, engenheiro químico, consultor da área de piscinas da Universidade Sindi-Clube.

Haverá transmissão via internet.

Quando: 30 de maio, das 10h às 12h.

Inscrições e mais informações aqui.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Cursos de março ensinam a escrever bem e os cuidados com a manutenção de piscinas

texto

Piscina do clube: todo cuidado é pouco

Por serem um dos locais mais concorridos, os clubes devem dedicar às piscinas toda a atenção ao que prescrevem a legislação e as normas sobre o funcionamento delas. Assim, o associado terá um equipamento seguro para suas atividades de esporte e lazer.piscina

O curso presencial “Segurança em piscinas” oferece instrução para dirigentes, gerentes, supervisores e zeladores de clubes sobre o regulamento que garante o bom uso dos parques aquáticos e que deve ser monitorado.

O instrutor é Nilson Maierá, engenheiro químico, consultor da área de piscinas da Universidade Sindi-Clube. Transmissão via internet.

Quando: 20 de março, das 9h às 13h.

Regras práticas para a escrita no trabalho

Conheça, de forma funcional, as técnicas de redação que auxiliam a escrita no trabalho.

A palestra presencial e gratuita “Como escrever bem, regras práticas”, com transmissão via internet, apresenta os princípios que permitem a elaboração de um texto claro e sem erros.

A exposição de Vivien Chivalski, jornalista, consultora organizacional.

Quando: 29 de março, das 10h às 12h.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Biblioteca Virtual ganha oitavo volume do Manual de Piscinas

Foto: Shutterstock
Foto: Shutterstock

O oitavo volume do Manual de Piscinas já está disponível para consultas na Biblioteca Virtual da Universidade Sindi-Clube.

O fascículo, que trata de economia de recursos em piscinas, terá cinco capítulos: economia de mão de obra, em produtos químicos, de gás, de energia elétrica e de água.

Muitos outros temas ainda podem ser consultados na Biblioteca, como o “Manual de Brinquedoteca”, “Manual de Orçamento, “Manual de Gestão de Pessoas”, Manuais de modalidades olímpicas, “8 regras básicas para um bom texto”, entre outros.

O acesso ao conteúdo é feito gratuitamente por meio de login e senha que serão fornecidos pela Universidade aos gestores de clubes associados à entidade.

Basta solicitar pelo e-mail universidade@sindiclubesp.com.br ou pelo telefone 11 5054-5464.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Sobrasa faz conferência online para lançamento do programa “Águas + seguras”

Sobrasa: previna afogamentos
Sobrasa: previna afogamentos

A Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa), entidade com a qual o SINDI-CLUBE mantém convênio de cooperação, realizou, em 19 de julho último, uma conferência online para explicar como prevenir acidentes que causam afogamentos e como pessoas que já passaram por alguma experiência como essa podem participar e se engajar na causa.

O alerta tem como objetivo discutir formas de fortalecer a divulgação das informações de prevenção aos afogamentos.

Para isso, foi criada uma forma de interação do público com o programa no site da entidade.

O diretor de relações internacionais da Sobrasa, Regis Amadeu, explica como irá funcionar a participação do internauta.

Amadeu: prevenção de afogamentos
Amadeu: interação com o público

“Basta clicar em “quero participar” para enviar vídeos, de no máximo 2 minutos, com uma mensagem sobre uma situação de afogamento ou incidente aquático que tenha vivenciado”, explicou.

Interessados devem acessar o link e seguir o passo a passo da explicação de como enviar o testemunho.

Confira o vídeo da conferência que reuniu representantes da Sobrasa e especialistas, que discutiram formas mais seguras de utilizar parques aquáticos e águas abertas:

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Manual de Piscinas divulga terceiro volume na Biblioteca Virtual

shutterstock_320869967

O terceiro volume do Manual de Piscinas, que tratará dos parâmetros físico-químicos na manutenção de parques aquáticos, já está disponível para consultas na Biblioteca Virtual da Universidade Sindi-Clube.

A coleção, que terá 12 fascículos sobre tratamento químico de piscinas de clubes, pode ser acessada no portal do Sindi-Clube.

O acesso ao conteúdo é feito gratuitamente por meio de login e senha que serão fornecidos pela Universidade aos gestores de clubes associados à entidade. Basta solicitar pelo e-mail universidade@sindiclubesp.com.br ou pelo telefone 11 5054-5464.

Além do Manual de Piscinas, também pode ser consultado na Biblioteca o Manual de Atendimento ao Associado, que explica itens importantes para o bom relacionamento.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

 

Olimpíada e Paraolimpíada terão piscinas de alta tecnologia que podem ser utilizadas em clubes

Myrtha: versatilidade também para o lazer
Myrtha: versatilidade também para o lazer

As piscinas Myrtha, consideradas as mais modernas do mundo, utilizadas em campeonatos mundiais e em Jogos Olímpicos, estarão presentes na Olimpíada do Rio de Janeiro – tanto as de competição como a de aquecimento serão da marca italiana.

Da mesma forma, na Paraolimpíada, as competições aquáticas que serão disputadas no Centro Paraolímpico Brasileiro, a ser inaugurado proximamente em São Paulo, também terão a chancela da Myrtha.

Esporte Clube Pinheiros e Clube de Regatas do Flamengo, que são formadores de nadadores, estão entre as entidades que investiram na construção de piscinas Myrtha.

São equipamentos que têm, como principal característica, o sistema de transbordamento contínuo, que garante condições de uma piscina rápida e eficiente para os usuários de todas as raias.

O ex-nadador e medalhista olímpico Gustavo Borges, divulgador da marca Myrtha no Brasil, além da tecnologia que absorve a formação de ondas e facilita o nado, aponta a rapidez na instalação como um dos importantes benefícios para o clube.

“A grande vantagem da Myrtha para os clubes, que não podem fechar seus parques aquáticos por muito tempo, está na montagem e manutenção da piscina. A organização e a praticidade da obra permitem a implantação do novo equipamento rapidamente. Dependendo da obra civil, a construção e entrega da nova piscina pode ser feita em até três meses”, afirma.

Tecnologia avançada

As piscinas Myrtha utilizam tecnologia de ponta. Um software específico, com um sistema de jateamento (entrada de água na piscina), permite ao nadador utilizar a piscina, mesmo com as bombas ligadas, com garantia de nenhuma interferência na prática da natação.

O sistema também apresenta uma homogeneização perfeita, não deixando zonas mortas em relação à circulação da água.

Um sistema de filtração não utiliza o ralo do fundo para captação de água. A piscina transborda continuamente, a água vai para um tanque onde é feita a filtragem e retorna renovada à piscina.

O sistema de alto desempenho garante, ainda, uma economia de 80% de água, já que não gera retrolavagem.

Piscinas de lazer

As vantagens da tecnologia da Myrtha não se aplicam apenas às piscinas de alto rendimento. Clubes que tenham piscinas de lazer também podem modernizar seus equipamentos.

“Os modelos da Myrtha têm várias aplicações, com versatilidade inclusive para lazer. As piscinas assumem diferentes formatos e acessórios. Podemos, por exemplo, colocar dentro da piscina uma estrutura para fisioterapia, como também equipamentos para recreação, como escorregadores. A estrutura de base que define a piscina é constituída por seções de aço aparafusados que agem como a estrutura de suporte para os painéis de parede. Oferecemos garantia de 15 anos para toda a estrutura e para vazamentos”, explica Haller Ramos de Freitas Junior, diretor da Myrtha no Brasil.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Manual de Piscinas divulga segundo volume na Biblioteca Virtual

shutterstock_149857931

O segundo volume do Manual de Piscinas já está disponível para consultas na Biblioteca Virtual da Universidade Sindi-Clube.

A coleção, que terá 12 fascículos sobre tratamento químico de piscinas de clubes, pode ser acessada no portal do Sindi-Clube.

O acesso ao conteúdo é feito gratuitamente por meio de login e senha que serão fornecidos pela Universidade aos gestores de clubes associados à entidade. Basta solicitar pelo e-mail universidade@sindiclubesp.com.br ou pelo telefone 11 5054-5464.

Além do Manual de Piscinas, também pode ser consultado na Biblioteca o Manual de Atendimento ao Associado, que explica itens importantes para o bom relacionamento.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Sobrasa convida clubes a participar da semana Piscina+Segura para prevenir afogamentos

shutterstock_108984020
Crianças são as maiores vítimas de afogamentos em piscinas

Os clubes paulistas estão convidados a participar da semana Piscina+Segura, que se dará de 9 a 13 de novembro próximo.

A ação consistirá da realização de atividades motivacionais e de recreação com crianças nas piscinas, tendo como tema a prevenção de acidentes que causam afogamentos.

A realização é da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa), entidade com a qual o Sindi-Clube mantém convênio de cooperação.

Para participar, os professores de natação dos clubes deverão capacitar-se com curso que a Sobrasa oferece gratuitamente em seu site.

Em 2014, essa ação contou com 34.000 crianças em todo o país.

Neste ano, a Sobrasa pretende dobrar a participação. Segundo dados da entidade, no Brasil, 18 pessoas morrem afogadas todos os dias.

IMG_3655A importância dessa campanha de esclarecimento direcionada às crianças é explicada pelo diretor-médico da organização, David Szpilman.

“Os acidentes em piscinas representam 53% de todos os casos de afogamento de crianças de um a nove anos de idade. O sinistro é a segunda causa de morte de crianças nessa faixa etária, e a terceira entre dez e dezenove anos. Além disso, das 2,5 milhões de piscinas existentes no país, 50% estão em clubes, academias e escolas. Daí a importância de o setor se engajar como multiplicador das informações que ajudam a evitar essas ocorrências”, afirmou Szpilman.

Cinco atitudes

A Sobrasa recomenda cinco atitudes (veja abaixo) que podem dar segurança superior a 95% às piscinas. “È como uma vacina contra o afogamento, tome essas atitudes e dê grande proteção a crianças”, diz o diretor de Relação Institucional da Sobrasa, Régis Amadeu.

Piscina+Segura

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Conheça tudo sobre tratamento de piscinas em curso da Universidade Sindi-Clube

shutterstock_242808139O curso presencial da Universidade Sindi-Clube “Piscinas: normas e tratamento”, dedicado a operadores e apresentado em dois módulos, oferece conhecimento prático para os profissionais dos parques aquáticos dos clubes.

Proporciona conhecimento completo sobre todos os aspectos do equipamento, entre os quais manutenção, sistemas de tratamento, informações para fazer um diagnóstico correto das características físico-químicas da água e doenças mais comuns em piscinas.

O instrutor é Nilson Maierá, engenheiro químico, consultor da área de piscinas da Universidade Sindi-Clube.

Para mais informações sobre o curso clique aqui.

Quando: 20 e 27 de julho, das 9h às 13h.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Clubes investem em piscina com tecnologia que será usada na Olimpíada Rio-2016

As piscinas Myrtha estão instaladas em várias partes do mundo: Leisure Center, Marion (Austrália)
As piscinas Myrtha estão instaladas em várias partes do mundo: Leisure Center, Marion (Austrália)

Agremiações como o Esporte Clube Pinheiros, que já inaugurou seu conjunto aquático, e Clube de Regatas Flamengo, que prepara a implantação, estão entre as entidades que investiram na construção de piscinas da marca italiana Myrtha, consideradas as mais modernas do mundo, do mesmo modelo utilizado em campeonatos mundiais e em Jogos Olímpicos.

O Pinheiros construiu a piscina com recursos provindos de convênio com o Ministério do Esporte.

O Flamengo contou com verba da Lei Pelé.

Club Natació Catalunya, Barcelona (Espanha)
Club Natació Catalunya, Barcelona (Espanha)

A modernização da piscina olímpica do Pinheiros foi desenvolvida em aço inox, revestida com uma membrana de PVC e sistema de transbordamento contínuo.

Com isso, o modelo garante condições de uma piscina rápida e eficiente para os usuários de todas as raias.

O ex-nadador e medalhista olímpico Gustavo Borges, divulgador da marca Myrtha no Brasil, aponta a rapidez na instalação como um dos importantes benefícios para o clube.

“A principal diferença que se verifica em relação às piscinas de alto rendimento existentes nos clubes, construídas décadas atrás, é na infraestrutura. A implantação da Myrtha é feita com muita praticidade, rapidamente. Dependendo da obra civil, a construção e entrega da nova piscina pode ser feita em até três meses”, afirma.

Tecnologia de ponta

As piscinas Myrtha utilizam tecnologia de ponta. Um software específico, com um sistema de jateamento (entrada de água na piscina), permite ao nadador utilizar a piscina, mesmo com as bombas ligadas, com garantia de nenhuma interferência na prática da natação.

O sistema também apresenta uma homogeneização perfeita, não deixando zonas mortas em relação à circulação da água.

Aquaniene Rowing Club, Roma (itália)
Aquaniene Rowing Club, Roma (itália)

A nova piscina do Pinheiros tem um sistema de filtração que não utiliza o ralo do fundo para captação de água.

A piscina transborda continuamente; a água vai para um tanque onde é feita a filtração e retorna renovada à piscina.

O sistema de filtragem de alto desempenho garante, ainda, uma economia de 80% de água, já que não gera retrolavagem.

Na prática, representa uma economia diária de 10.000 litros de água, por dia de uso, beneficiando também o meio ambiente.

Outro benefício é a garantia mínima de 10 anos, contra quaisquer problemas.

Nos Jogos Olímpicos de 2016, tanto a piscina de competição, como a de aquecimento, serão da marca Myrtha.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.