Manual de Piscinas divulga terceiro volume na Biblioteca Virtual

shutterstock_320869967

O terceiro volume do Manual de Piscinas, que tratará dos parâmetros físico-químicos na manutenção de parques aquáticos, já está disponível para consultas na Biblioteca Virtual da Universidade Sindi-Clube.

A coleção, que terá 12 fascículos sobre tratamento químico de piscinas de clubes, pode ser acessada no portal do Sindi-Clube.

O acesso ao conteúdo é feito gratuitamente por meio de login e senha que serão fornecidos pela Universidade aos gestores de clubes associados à entidade. Basta solicitar pelo e-mail universidade@sindiclubesp.com.br ou pelo telefone 11 5054-5464.

Além do Manual de Piscinas, também pode ser consultado na Biblioteca o Manual de Atendimento ao Associado, que explica itens importantes para o bom relacionamento.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

 

Conheça tudo sobre tratamento de piscinas em curso da Universidade Sindi-Clube

shutterstock_242808139O curso presencial da Universidade Sindi-Clube “Piscinas: normas e tratamento”, dedicado a operadores e apresentado em dois módulos, oferece conhecimento prático para os profissionais dos parques aquáticos dos clubes.

Proporciona conhecimento completo sobre todos os aspectos do equipamento, entre os quais manutenção, sistemas de tratamento, informações para fazer um diagnóstico correto das características físico-químicas da água e doenças mais comuns em piscinas.

O instrutor é Nilson Maierá, engenheiro químico, consultor da área de piscinas da Universidade Sindi-Clube.

Para mais informações sobre o curso clique aqui.

Quando: 20 e 27 de julho, das 9h às 13h.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Sobretaxa da Sabesp também vale para contratos com demanda firme

shutterstock_166082693

A Agência Reguladora de Saneamento e Energia de São Paulo (Arsesp) autorizou a Sabesp a cobrar uma sobretaxa dos usuários cujo consumo mensal ultrapasse a média apurada no período de fevereiro de 2013 a janeiro de 2014.

A tarifa de contingência será aplicada em todos os usuários, inclusive aqueles com contratos de demanda firme, geralmente firmados pelos clubes com a concessionária de água.

Será cobrado um acréscimo de 40% sobre o valor da tarifa aplicada à parte do consumo de água que superar em até 20 por cento a média. Haverá aumento de 100% quando o consumo exceder em mais de 20% a média.

Ficam livres da sobretaxa usuários com consumo mensal de água menor ou igual a 10 m³ e para hospitais, prontos-socorros, casas de saúde, delegacias e presídios.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.