Anti-inflamatórios sem prescrição podem causar lesões nos rins e coração

Nabil Ghorayeb*

Não é a primeira vez que detectamos essa loucura de atletas e esportistas usarem anti-inflamatórios por conta própria.

Isto é, sem prescrição médica, como se fosse algo isento de riscos.

Vários participantes de corridas de rua, de triatlo e outras modalidades confirmaram que o chão nas largadas fica coalhado de plásticos desses medicamentos, em geral cápsulas de anti-inflamatório.

Sem dúvida um bom produto farmacêutico, mas com limitações médicas bem claras.

Os efeitos colaterais são vários e o mais frequente são lesões dos rins.

Danos progressivos que podem terminar em uremia de graus variados, com risco de necessitar tratamentos com diálise renal.

Não depende só da dose eventual e sim de uma lesão renal leve e desconhecida que vai piorar com o uso indiscriminado de anti-inflamatórios de variados tipos.

A lesão cardíaca poderá ocorrer diretamente por ação desse tipo de medicamento causando cicatrizes no miocárdio, chamadas de fibroses cardíacas.

Elas são um gatilho que pode desencadear um fenômeno conhecido como arritmias de todo o tipo, benignas e mesmo malignas.

Situação que nenhum um atleta pode querer.

Não podemos deixar de alertar, mais uma vez, porque um imenso número de corredores e atletas acha que será melhor para suas performances não sentir nenhuma dor no corpo, o que concordamos plenamente.

Porém, usar desses meios é cobrir a ferrugem de um metal com uma capa que o esconderá.

Se sente dor é porque tem algo errado ou lesionado.

E essa lesão só tende a piorar sem você se dar conta, já que o alarme, que é a dor, foi desligado.

A velha história de que sem dor não há ganho é um perigo para sua musculatura e ossos, não caia nessa.

Você já deve ter visto algum atleta ter rompimento do tendão de aquiles, quando na maioria dos casos ele está caminhando tranquilamente e sente como se fosse uma pedrada no tornozelo e de repente cai com o pé totalmente “solto” e sentindo uma forte dor.

O rompimento foi naquele momento, porém o início do esgarçamento do tendão vem há de dias antes, com leves dores que foram abolidas com medicação anti-inflamatória, mascarando uma lesão pequena que foi aumentando até romper aquele tendão.

Por isso, insistimos, não se automedique sem saber o que está acontecendo, ainda mais com analgésicos e anti-inflamatórios.

*Nabil Ghorayeb: Formado em medicina pela FM de Sorocaba PUC-SP, Doutor em Cardiologia pela FMUSP, chefe da seção CardioEsporte do Instituto Dante Pazzanese Cardiologia, especialista por concurso em Cardiologia e Medicina do Esporte, coordenador da Clínica CardioEsporte do HCor, CRM SP 15715, Prêmio Jabuti de Literatura Ciência e Saúde.(http://www.cardioesporte.com.br/clinica/clinica.asp)

Visite o nosso portal e curta o Sindi-Clube no Facebook Instagram para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Inscrições para o Prêmio Nacional de Literatura dos Clubes vão até sábado (30)

O prazo para as inscrições para o Prêmio Nacional de Literatura dos Clubes está quase terminando.

Os associados de clubes precisam correr!

As inscrições (que se iniciaram em março) encerram-se neste sábado, dia 30 de junho.

Realizado pelo Sindi Clube em parceria com a Confederação Nacional dos Clubes (Fenaclubes) e a Academia Paulista de Letras (APL), o concurso está em sua 3ª edição nacional.

O concurso surgiu em 2011, como nome de Prêmio Sindi Clube/APL de Literatura, com participação apenas de clubes paulistas.

Textos com temas livres podem concorrer em três categorias: poesia, conto e crônica.

Os melhores de cada categoria recebem prêmios de R$ 1.500,00, R$ 1.000,00, e R$ 500,00, respectivamente, para primeiro, segundo e terceiro colocados.

Todos os associados de clubes filiados ao Sindi Clube e à Fenaclubes, a partir de 18 anos, podem concorrer com uma obra inédita e em apenas uma categoria.

Para mais informações sobre o Prêmio Nacional de Literatura dos Clubes, inscrições, e premiação, acesse o regulamento completo no portal do Sindi Clube.

Visite o nosso portal e curta o Sindi-Clube no Facebook Instagram para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Confira a programação dos “Clubes de Leitura” que não estarão de férias em julho

O mês de julho é época de férias, mas alguns “Clubes de Leitura” vão continuar normalmente com as suas programações. Confira a seguir os encontros programados:

O Anhembi Tênis Clube inicia os “Clubes de Leitura” do mês com o livro “Outros Contos”, de Maria Valéria Rezende no dia 2, às 20h.

Dia 5, às 19h30, o Primeiro de Maio Futebol Clube traz O Evangelho segundo Jesus Cristo”, de José Saramago.

Já no dia 12, às 15h, o Alto dos Pinheiros discute “Canção de ninar”, de Leïla Slimani.

O Clube Jundiaiense conversa sobre a obra “Cândido ou o Otimismo”, de Voltaire, no dia 18, às 20h.

Dois encontros acontecem no Esporte Clube Pinheiros no dia 21, um às 10h e outro às 13h30, para discussão do livro “Indignação” de Philip Roth. Às 15h30, na mesma sala, será projetado o filme “Indignation”, dirigido por James Schamus.

A Academia Paulista de Letras vai falar sobre “Sagarana”, de João Guimarães Rosa, no dia 26, às 19h.

“O Gigante Enterrado”, de Kazuo Ishiguro, será tema do encontro no Club Athletico Paulistano no dia 26, às 19h30.

No dia 27, às 18h30, a Associação Atlética Banco do Brasil (AABB/SP) leva aos associados o livro “O arroz de palma”, de Francisco de Azevedo.

Para fechar o mês, o Clube Esperia terá a obra “Cadeira de balanço”, de Carlos Drummond de Andrade, dia 28, às 15h.

Nutrição x cãibras: saiba como evitar as dores com alimentação apropriada

Cristiane Perroni*

As cãibras musculares associadas ao exercício podem ter várias causas.

Os tipos mais comuns são fadiga muscular, com alterações no controle neuromuscular, condições ambientais extremas como frio comum em nadadores e esquiadores, por exemplo, calor e alta umidade.

Mas, elas também podem ocorrer em casos de desidratação, perda de eletrólitos e até problemas médicos, como alterações circulatórias.

São muito comuns em atletas de endurance como maratonistas, triatletas e ciclistas.

Mas, a boa notícia é que a nutrição pode contribuir para prevenir esses episódios.

Cãibras decorrentes do calor

Esses são os tipos de cãibras associados à desidratação e perda eletrolítica.

E vários deles, como sódio, potássio, cloro e magnésio, estão envolvidos na contração muscular.

Entretanto, estudos são contraditórios quanto a desidratação e a ocorrência de cãibras.

Uma desidratação leve, de até 3% de perda de peso através da transpiração, parece não ter influência na ocorrência de cãibras.

As concentrações de cálcio, potássio e magnésio presentes no suor são baixas, ou seja, sendo menos propensos a causarem cãibras.

Com isso, derruba o mito de ingerir alimentos fontes de potássio como a banana para prevenir cãibra.

A suplementação é indicada somente em casos de deficiência, o que é raro em atletas, ou por uso de medicamentos que reduzam esses minerais.

Orientações para prevenção

  • Manter a hidratação diária com ingestão de 35 a 40 ml de água por quilo, por dia.
  • Ingerir de 400 a 800 ml de água por hora durante treinos e provas.
  • Utilizar uma cápsula de eletrólitos (cloro, sódio, potássio, magnésio) por hora ou bebida que contenha esses eletrólitos em provas de maior duração.
  • Evitar a ingestão de bebida alcóolica antes do exercício por favorecer a hiponatremia (redução de sódio no sangue) e, após o exercício, por favorecer a desidratação e retardar a recuperação muscular.

Cãibras decorrentes da fadiga muscular

As cãibras seriam provocadas por um controle neuromuscular anormal causado pela fadiga muscular.

Quando ocorre depleção de glicogênio e fadiga há redução do desempenho esportivo, da resposta imunológica e perda de massa muscular.

Nesse caso, é preciso atenção à alimentação diária e seguir um programa alimentar com fornecimento adequado de energia, macro e micronutrientes.

A alimentação antes, durante e após exercício pode contribuir para prevenir, retardar ou tratar a fadiga muscular, e assim, diminuir o risco de cãibras.

  • Antes do exercício: de uma a duas horas antes do treino ou competição: ingestão de 1 a 2g de carboidratos por quilo de peso. Pequena ingestão de proteína ou gordura. O uso de carboidratos pré-treino é indicado para manter a glicose plasmática e os estoques de glicogênio muscular e hepático.
  • Durante o exercício: 30 a 60g de carboidratos por hora. Permite prolongar a permanência no exercício, fornece energia para o músculo e mantém a glicemia constante. Escolher melhor tolerados e fáceis para transportar. Exemplos: gel, gomas, rapadura, bananada, fruta, bebida esportiva.
  • Após o exercício: o maior momento de reposição de glicogênio muscular ocorre durante as primeiras duas horas após o exercício, acelerando a recuperação muscular.

*Cristiane Perroni: Nutricionista formada pela UFRJ e pós-graduada em obesidade e emagrecimento. Tem especialização em nutrição clínica pela UFF, especialização em nutrição esportiva pela Universidade Estácio de Sá e trabalha com consultoria e assessoria na área de nutrição.

Visite o nosso portal e curta o Sindi-Clube no Facebook Instagram para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Confira a programação de festas juninas nos clubes

O mês de junho chega e traz com ele as festas típicas.

Nos clubes, a programação não poderia ser diferente e está recheada de festas juninas para as crianças e adultos, sejam eles sócios ou convidados.

Confira, a seguir, a programação de alguns dos clubes associados ao Sindi Clube:

Esporte Clube Banespa

A festança no EC Banespa começou no dia 16, mas tem mais neste fim de semana.

Dia 23 (das 15h às 23h) e dia 24 (das 15h Às 22h), além de muitas comidas típicas e churrasco, a festa terá DJ, quadrilha e duplas sertanejas para animar o público.

A entrada é gratuita para associados. Não associados pagam R$ 20 reais por dia.

Esporte Clube Pinheiros

O Arraiá do Pinheiros começa hoje e tem festa até domingo!

Um dos diferenciais dessa festa é a sustentabilidade.

Este ano a comemoração passa a contar com o conceito do Programa de Comportamento Sustentável.

Mas assim como em outros anos, a programação conta com shows de artistas famosos.

Confira, a seguir, o horário, preço e atrações de cada um dos 4 dias:

Quinta: Das 19h à 1h, com apresentação da cantora Lucyana Villar. Convidados pagam R$ 85.

Sexta: Das 19h às 2h, com apresentação do cantor Leonardo. Convidados pagam R$ 130.

Sábado: Das 11h30 às 2h, com apresentação da dupla Thaeme e Thiago. Convidados pagam R$ 130.

Domingo: 11h30 às 20h30, com apresentação de Moraes Moreira, ex-integrante do grupo Novos Baianos. Convidados pagam R$ 95.

Os associados do clube têm entrada gratuita em qualquer dia do evento.

Club Athletico Paulistano

Também tem festança na fazenda do Paulistano.

Dia  22 (das 20h30 à 1h) e 23 (das 20h30 às 3h) acontecem os eventos voltados para os adultos, com atrações que incluem DJs e duplas sertanejas.

Os convites são gratuitos para os sócios e R$100 para convidados.

No dia 23 também é possível reservar uma mesa (lugar) no valor de R$60 para sócios e R$ 160 para os convidados.

Já no dia 24 (das 14h às 19h), é a vez das crianças, que também terão DJ e banda para animar.

O convite é gratuito para sócios e R$ 70 para convidados.

Tênis Clube Paulista

O Tênis Clube Paulista promete um evento repleto de comidas e bebidas típicas, brinquedos, brincadeiras, danças, quadrilhas e muito mais.

No dia 23, das 15h às 21h, convidados pagam R$ 25 para entrar.

E dia 24, das 13h às 18h, convidados pagam R$ 20 na entrada.

Em ambos os dias, os convidados que adquirirem o convite podem entrar com uma criança de até 12 anos (adulto + criança). Sócios não pagam.

São Paulo Futebol Clube

A festa junina tricolor contará com quadrilhas, atrações musicais, brinquedos infláveis e até queima de fogos.

No dia 29, o evento será das 18h à meia noite.

Convidados pagam R$ 40.

Já nos dias 30 de junho e 1º de julho, irá das 12h à meia noite.

Convidados pagam R$ 50.

Em todos os dias de evento os sócios, crianças de até 5 anos e idosos acima de 65 anos não pagam.

Ipê Clube

A festa mais tradicional do Ipê Clube, que conta com atrações gastronômicas, comidas típicas, quadrilhas e apresentações musicais, será promovida na praça central.

No sábado, dia 23 de junho, das 15h às 2h.

Associados não pagam.

Não associados pagam R$ 25 (antecipado) ou R$ 30 (na bilheteria); crianças até 12 anos não pagam e pessoas acima de 60 anos têm 50% de desconto.

ADC Mercedes-Benz

A Associação Desportiva Classista Mercedes-Benz vai promover a sua festa julina nos dias 7 e 14 de julho, das 18 às 23h. Com muitas atrações, shows sertanejos, comidas e bebidas típicas.

Visite o nosso portal e curta o Sindi-Clube no Facebook Instagram para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Clube de Leitura da APL completa cinco anos

O Clube de Leitura da Academia Paulista de Letras (APL) completa cinco anos em 28 de junho.

Para comemorar, promove, às 19h, o debate do livro “Catálogo de perdas”, de João Anzanello Carrascoza, com a presença do autor e mediação de Vivian Schlesinger.

Nesses cinco anos foram lidos e debatidos 56 livros, com crescente entusiasmo dos frequentadores do Clube de Leitura.

As obras escolhidas abrangem diferentes gêneros literários: poesia, memória, conto, e há a predominância do romance, entre as preferências dos leitores.

A parceria entre o Sindi Clube, Academia Paulista de Letras e editora Companhia das Letras têm produzido frutos.

Hoje existem 23 clubes de leitura em agremiações paulistas, na comunidade de Paraisópolis e outros em processo de criação.

Todos os integrantes de Clubes de Leitura estão convidados a participar desse evento.

Visite o nosso portal e curta o Sindi-Clube no Facebook Instagram para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Encontro com o Autor recebe Monja Coen no São Paulo Futebol Clube

No próximo dia 28, o Sindi Clube promove mais um Encontro com o Autor, desta vez no São Paulo Futebol Clube, com a presença da escritora Monja Coen.

Ela é autora de livros como “A sabedoria da transformação” e “108 contos e parábolas orientais”, ela lançou, em 2018, “Zen para distraídos” e, em parceria com o historiador Leandro Karnal, “O inferno somos nós”.

Monja Coen também esteve presente na Feira Literária do Club Athletico Paulistano do ano passado.

Fundadora da Comunidade Zen Budista do Brasil, criada em 2001, ela teve seu primeiro contato com a prática no Zen Center de Los Angeles, onde fez os votos monásticos em 1983.

Residiu por oito anos no Mosteiro Feminino de Nagoia, no Japão e se graduou como monja especial, habilitada a ministrar aulas de budismo para monges e leigos.

Retornou ao Brasil em 1995, como missionária da tradição Sôtô Zenshû, servindo o Templo Busshinji, no bairro da Liberdade, em São Paulo, durante seis anos.

Esse Encontro com o Autor terá início às 20h, no Salão Nobre do São Paulo Futebol Clube (Av. Giovanni Gronchi, s/nº – Portão 17 do Estádio do Morumbi).

Os interessados podem se inscrever pelo e-mail biblioteca@saopaulofc.net,  com Fabiana.

Os convidados terão acesso ao estacionamento, mas o número de vagas é limitado.

Visite o nosso portal e curta o Sindi-Clube no Facebook Instagram para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Festa junina não é sinônimo de “pé na jaca” e abandono da dieta. Confira dicas

Cristiane Perroni*

Junho chegou e com ele, as festas típicas para comemorar o dia de Santo Antônio, 13 junho, São João, 24 de junho, e São Pedro, 29 de junho.

As comemorações acontecem em todo Brasil, principalmente na região Nordeste.

Caruaru, em Pernambuco, e Campina Grande, na Paraíba, são referências quando falamos de Festa Junina e não é para menos.

Danças, músicas, roupas, brincadeiras e alimentos típicos estão relacionados ao nosso folclore, assim como religião, cultura e crenças populares.

Nessa grande reunião cultural, a alimentação representa uma grande parcela da festa e muitos pratos típicos de cada região utilizam ingredientes como milho, coco, abóbora, amendoim, pinhão, aipim, batata doce.

Mas isso não é motivo para perder a linha e abandonar a dieta.

Entre as preparações salgadas podemos destacar o caldo verde, caldinho de feijão, sopa de ervilha, pinhão, espiga de milho, tapioca, cachorro quente, churrasquinho, salsichão, queijo coalho, pinhão, amendoim, pipoca, batata doce assada e aipim cozido.

Já as preparações doces, canjica, arroz doce, maçã do amor, doce de abóbora, cuscuz, bolo de fubá, bolo de aipim com coco, pé de moleque, curau, pamonha, churros, paçoca e cocada, fazem muito sucesso nas barraquinhas.

Tudo delicioso, mas para não perder o controle e participar das comemorações com prazer e sem culpa, seguem algumas orientações:

  1. Organize o dia do evento, mantendo a alimentação equilibrada nas demais refeições.
  2. Na festa, escolha preparações que lhe dão prazer, coma devagar saboreando os alimentos e limite as porções. Evite aquela sensação de “estar cheio”. Não é uma saída da dieta que colocará tudo a perder.
  3. Dependendo do horário da festa, troque por uma refeição (ex: almoço ou jantar).
  4. Faça escolhas melhores, evitando alimentos com alta densidade energética como frituras ou alimentos gordurosos como sopas ou recheios com carnes “gordas” como: paio e linguiça, molhos cremosos, etc.
  5. Receitas elaboradas com leite de vaca podem ser substituídas por bebidas vegetais como soja, castanha, arroz, coco e amêndoa.
  6. Depois da festa retome o programa alimentar e não leve “comidinhas” para casa
  7. Mantenha seus treinos em dia, isso irá colaborar para manter a balança em equilíbrio.

Opte por alimentos salgados de menor densidade energética como espiga de milho, sem manteiga, caldinho de feijão sem torresmo, pipoca, churrasquinho, batata doce assada, aipim cozido, pinhão, sanduíche de Filé ou carne assada ou lombinho, cachorro quente.

Todas as preparações doces possuem alta densidade energética, portanto escolha a que mais gosta, coma saboreando e em pequena porção.

*Cristiane Perroni: Nutricionista formada pela UFRJ e pós-graduada em obesidade e emagrecimento. Tem especialização em nutrição clínica pela UFF, especialização em nutrição esportiva pela Universidade Estácio de Sá e trabalha com consultoria e assessoria na área de nutrição. (http://www.crisperroni.com.br/).

Visite o nosso portal e curta o Sindi-Clube no Facebook Instagram para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Alunos do Programa Touché comentam participação em campeonato de esgrima

Os alunos do Programa Touché participaram do Campeonato Paulista Infantil de Esgrima, realizado no Esporte Clube Pinheiros, no último fim de semana.

Do total de alunos do Programa, 25 foram selecionados para a competição.

“Essa é uma etapa do circuito estadual em que mais de 200 crianças participam e a ideia é que eles vivenciem totalmente a esgrima, desde o treinamento no Pelezão até campeonatos estaduais e nacionais”, explicou um dos professores do programa, Bernardo Schwuchow.

As crianças de 8 a 13 anos participaram da competição nas três categorias: menor de 9 anos, menor de 11 anos e menor de 13 anos.

Segundo Schwuchow, este é apenas o começo para a vida desses jovens que podem e têm chances de competir nacionalmente.

“Vamos  tentar levar para o campeonato brasileiro alguns deles, que jogaram o campeonato estadual, por meio de parceria com os clubes paulistas.”

Guilherme Queiroz Donadio, que disputa a categoria menor de 11 anos.
Guilherme Queiroz Donadio, que disputa a categoria menor de 11 anos.

Um dos alunos do programa, Guilherme Queiroz Donadio, 10 anos, que disputa a categoria menor de 11 anos, escolheu aprender esgrima por achar um esporte diferente dos outros e disse ainda que gosta de participar das competições.

“Eu dou o meu melhor para conseguir ganhar e ir pra outros campeonatos.”

Depois que começou no esporte, Guilherme já tem um novo sonho.

“Eu quero ser esgrimista profissional porque todos os meus amigos querem ser jogadores de futebol e eu quero ser diferente”, contou.

Na competição menor de 9 anos, todos os participantes foram premiados.

Nas outras categorias, a melhor classificação dos meninos do Pelezão foi o nono lugar (conquistado na categoria menor de 11 anos).

“Embora não tenham ficado entre os três melhores, é um bom resultado, por se tratar de um projeto que está no início, e completará um ano em setembro”, concluiu Schwuchow.

As aulas regulares gratuitas do Programa Touché são ministradas por professores de esgrima do Paulistano, Esporte Clube Pinheiros e Clube Hebraica, no Centro Educacional e Esportivo Edson Arantes do Nascimento, o Pelezão, no bairro paulistano da Lapa, em uma parceria do Sindi Clube com a Secretaria Municipal de Esportes.

Visite o nosso portal e curta o Sindi-Clube no Facebook Instagram para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Alunos do Programa Touché disputam Campeonato Paulista de Esgrima amanhã

Os alunos das escolas municipais que participam do Programa Touché Escola Pública de Esgrima disputarão a segunda etapa do Campeonato Paulista Infantil de Esgrima, que será realizado neste sábado (9), das 9h30 às 13 horas, no Esporte Clube Pinheiros.

Um total de 25 a 30 atletas, entre 8 e 13 anos, se qualificaram para participar do torneio pelo programa social,  que  oferece aulas de esgrima gratuitas para alunos de escolas municipais, ministradas por professores de clubes que se destacam na modalidade, como Club Athletico Paulistano, Esporte Clube Pinheiros e Clube Hebraica, no Centro Educacional e Esportivo Edson Arantes do Nascimento, o Pelezão, na Lapa.

O Programa Touché é uma parceria entre o Sindicato dos Clubes do Estado de São Paulo e a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de São Paulo, que vai completar um ano em setembro.

As classes estão com lotação completa nas três turmas abertas (terças e quintas, nos períodos da manhã e da tarde) e têm cerca de 50 alunos, boa parte dos quais já participou da primeira Etapa do Campeonato, no mês de março.

“A participação em um campeonato oficial motiva os alunos e faz com que queiram sempre melhorar seus resultados”, diz um dos professores do programa, Bernardo Schwuchow, que é técnico do Pinheiros e atleta da Confederação Brasileira de Esgrima (CBE).

Ele conta que foram selecionados alunos que já estão em condições de competir. “É importante para esses jovens saberem competir, aprender a ganhar e perder, além de se sociabilizarem, conhecer novas crianças e fazer novos amigos”, completa.

Visite o nosso portal e curta o Sindi-Clube no Facebook Instagram para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.