Em julho, Clubes de Leitura contam com obras nacionais e internacionais

Anhembi Tênis Clube, Primeiro de Maio Futebol Clube e Alphaville Tênis Clube serão os primeiros a receber os Clubes de Leitura no mês de julho.

Os associados do Anhembi Tênis Clube discutirão o livro “Compadre de Ogum” do consagrado escritor brasileiro Jorge Amado, em 3 de julho, às 20h.

A obra faz parte do romance “Os Pastores da Noite”, publicado em 1964, e narra a dificuldade do personagem Massu em escolher um padrinho para seu filho. Em meio ao sincretismo religioso que une o catolicismo e o candomblé, o orixá Ogum acaba sendo o padrinho da criança, o que se desenrola em uma série de conflitos.

Já no dia 6 de julho, às 19h30, no Primeiro de Maio Futebol Clube, é a vez de discutir “A Hora da Estrela”, o último livro de Clarisse Lispector publicado em vida, que relata a vida da jovem nordestina Macabéa que tenta sobreviver na cidade grande.

Na mesma semana, no Alphaville Tênis Clube, em 7 de julho, às 19h30, haverá a análise do livro “Submissão”, do escritor francês Michel Houellebecq, que tem como cenário a França de 2022, logo após as eleições presidenciais.

Visite nosso portal e curta o Sindi-Clube no Facebook e Instagram para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Curso EAD de atendimento ao associado abre inscrições em 3 de julho

A Universidade Sindi-Clube (USC) abre, em 3 de julho, as inscrições para o curso “Atendimento ao associado”, que inaugura o novo ensino a distância (EAD) da USC, com carga horária de 32 horas.

O objetivo do curso é oferecer ao participante a possibilidade de capacitação e o desenvolvimento de competências técnicas para atendimento e especialmente a atenção dedicada ao associado.

Serão 11 módulos de temas como: qualidade no atendimento, atendimento telefônico, estratégia de fidelização e comunicação.

O curso é destinado a todos os profissionais que atuam no atendimento ao cliente e ao associado (secretaria, recepção, atendimento ao associado, restaurante, área médica, esportes, etc.).

Por ser EAD, o profissional pode escolher quando fazer as aulas e organizar sua capacitação da maneira mais adequada.

Consultoria Online

Além disso, o Sindi-Clube também oferece, em todas as quartas-feiras, às 10h, a Consultoria Jurídicas Online.

A próxima é em 5 de julho.

Para participar é necessário antes fazer inscrição.

Basta ligar para (11) 5054-5464 ou enviar e-mail para cursos@sindiclubesp.com.br.

Inscreva-se e tenha as respostas para todas as dúvidas das áreas trabalhista, fiscal, tributária e estatutária.

Visite o nosso portal e curta o Sindi-Clube no Facebook e Instagram para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Circuito Sindi-Clube de Corais passa por clubes do interior e da capital e vai a Limeira

No último fim de semana o Circuito Sindi-Clube de Corais esteve no ADC Mercedes-Benz e no Club Athletico Paulistano.

Sob o comando de competentes maestros, com repertórios variados e refinada técnica musical, o evento promovido pelo Sindi-Clube há 17 anos, mais uma vez, foi um sucesso, com grande afluência dos associados nas duas apresentações.

O Circuito Sindi-Clube de Corais percorre o Interior e a Capital, passando por clubes de diferentes cidades, como Marília, Bauru, Piracicaba, Limeira, Campinas, Jundiaí, Campo Limpo Paulista, São Paulo, Guarulhos, Diadema, São Caetano do Sul, São Bernardo do Campo, Santo André, São José dos Campos e Mogi das Cruzes, sempre apresentando música coral da melhor qualidade.

A próxima apresentação do Circuito Sindi-Clube de Corais será realizada em Limeira, em 2 de julho, às 17h, no Nosso Clube, com entrada franca.

Visite o portal e curta o Sindi-Clube no Facebook e Instagram para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Até o fim do mês, Clubes de Leitura terão quatro reuniões

Os Clubes de Leitura, iniciativa do Sindi-Clube para incentivar a literatura, terão encontros no Clube Paineiras do Morumby, Club Athletico Paulistano, Clube Atlético São Paulo e AABB-SP, nesta semana.

Duas reuniões estão previstas para 29 de junho.

Primeiramente, associados do Paineiras, às 16h, discutirão o livro “Meia noite e vinte”, de Daniel Galera.

Depois, às 19h30, no Paulistano, o debate será sobre “Claro enigma”, de Carlos Drummond de Andrade.

Em 30 de junho, no Clube Atlético São Paulo, a obra analisada vai ser “O sentido de um fim”, de Julian Barnes, às 16h.

Por fim, no mesmo dia, às 18h30, “Homens sem mulheres”, de Haruki Murakami, será tema de discussão na AABB-SP.

Departamentos culturais de clubes interessados em montar novos grupos de difusão literária obtêm mais informações pelo telefone (11) 5054-5464.

Qual é o melhor esporte para quem tem doenças cardíacas? Médico responde

Nabil Ghorayeb*

Apesar de muitas respeitadas opiniões não médicas de outros profissionais da saúde expostas na mídia, somente um especialista no assunto poderá orientar seu paciente com doença cardíaca sobre determinada modalidade de atividade física ou esportiva e, principalmente, quais limites que não podem ser superados.

Evidente que sempre precisaremos da parceria do fisioterapeuta ou do educador físico com conhecimento ou treinamento em reabilitação de pessoas com cardiopatias leves ou não, que irão executar e escolher os melhores exercícios nestes casos.

Por aí se percebe que não basta ir a uma academia, das comuns existentes, muito menos para aquelas onde não existam equipamentos nem treinamento do pessoal para acudir as emergências.

Mesmo ao escolher uma assessoria ou “personal”, deve-se saber se eles estão em condições para treinar pacientes com histórico de cardiopatia.

Esses cuidados são muito importantes e, pelo que sabemos, as escolhas não seguem critérios de segurança e sim de custos e design do local, o que é assustador.

Nada acontece por acaso ou por fatalidade.

Quase tudo é possível prever, baseando-se nos vários tipos de doenças.

Nosso alerta segue o protocolo mundial de incentivar a atividade física para todos, porém os cardiopatas devem evitar os riscos conhecidos dos exercícios intensos como crossfit, HITT, spinning, lutas e similares, principalmente sem avaliação especializada prévia.

Mesmo a natação de velocidade e de resistência das longas distâncias é contraindicada para determinadas cardiopatias, como, por exemplo, aorta com aneurisma, cardiopatias congênitas, usuários de marcapasso cardiológico artificial e outras doenças.

Sem dúvida, como orientação geral, os exercícios recomendados são os aeróbicos de moderada intensidade, associados aos exercícios de fortalecimento muscular e de equilíbrio três a quatro vezes por semana, suspendendo tudo nas pioras, mesmo que das leves infecções (comuns no inverno) e outras intercorrências médicas.

A regularidade é o segredo dos benefícios para a saúde física e mental.

Deve-se sempre alternar dias de treinamento com dias de não treinamento.

Sempre existe a possibilidade de se rever casos individualizados para a prática de esportes inicialmente proibidos, dependendo sempre de cada caso e do esporte.

Mas só uma detalhada avaliação especializada poderá definir a possibilidade dessa escolha.
*Nabil Ghorayeb

Formado em medicina pela Faculdade de Medicina de Sorocaba PUC-SP, doutor em cardiologia pela FMU-SP, chefe da seção CardioEsporte do Instituto Dante Pazzanese Cardiologia, especialista por concurso em cardiologia e medicina do esporte, médico sênior do Grupo Fleury Medicina e Saúde, coordenador da clínica CardioEsporte do HCor, CRM SP 15715 , Prêmio Jabuti de Literatura Ciência e Saúde. www.cardioesporte.com.br

5 atrações para aproveitar durante as festas juninas

Nos meses de junho e julho, os fins de semana na cidade ficam repletos de festas juninas e quermesses. Nos clubes não é diferente, com comidas, músicas e danças típicas da época, eles vão agitar os fins de semana destes meses.

Não é a toa que essa é a época do ano preferida de muita gente. As festas juninas contam com algumas atrações que não encontramos por aí em outras épocas do ano. Separamos cinco dicas do que você não pode deixar de aproveitar durante as festas juninas e quermesses.

Comidas típicas

O mês de junho é a época da colheita do milho, por isso as festas juninas contam com muitas receitas que levam esse alimento: pamonha, bolo de milho, curau, canjica, pipoca e o próprio milho cozido. Além disso, também são comuns os alimentos com amendoim. Paçoca, pé de moleque e bolo de amendoim são alguns exemplos.

Bebidas típicas

E se em junho é o começo do inverno, nada mais justo do que bebidas quentes para aquecerem o folião. É difícil encontrar uma festa junina ou quermesse sem vinho quente e quentão. Outra bebida típica é o chá do padre, feito de amendoim e leite condensado.

Correio elegante

Na hora de mandar um recadinho, esqueça qualquer aplicativo de mensagens que você tem no seu celular. A melhor opção, é mandar uma mensagem anônima pelo correio elegante ou, nas festas mais modernas, escolher uma música para a serenata elegante!

Pescaria

As festas juninas estão sempre cheias de opções de diversão e uma das mais famosas é a pescaria. Além de mostrar os seus talentos de pescador (a), você ainda pode levar para casa uma prenda bem legal. Mas se pescar não é a sua praia, arrisque-se nos outros jogos, como o das latas ou da argola.

Quadrilha

A quadrilha é uma das maiores atrações das festas juninas, sejam infantis ou com adultos, a dança e a encenação do casamento na roça sempre são divertidas e animam até quem está de fora.

Essas são algumas sugestões do que não dá para perder durante as festas juninas, mas ainda tem muito mais. Então, coloque o seu chapéu de palha e não perca as festas que acontecem até o mês de julho em nossos clubes associados.

Confira a programação e consulte o seu clube!Festa junina

 

Terminam em 18 de agosto as inscrições para o Prêmio Nacional de Literatura dos Clubes. Tire os textos da gaveta!

Foto: Shutterstock
Foto: Shutterstock

Escritores associados de clubes têm até 18 de agosto próximo para inscrever trabalhos de poesia, crônica e conto no Prêmio Nacional de Literatura dos Clubes.

A cada ano, o concurso revela e premia talentos literários de clubes de todo o país.

Antes restrito a São Paulo, o concurso está na segunda edição nacional – uma das ações do convênio entre o Sindi-Clube e a Fenaclubes (Federação Nacional dos Clubes).

O Prêmio de Literatura é feito em parceria com a Academia Paulista de Letras (APL), que indica uma comissão julgadora composta por especialistas em cada gênero literário para analisar os textos inscritos.

Os melhores colocados receberão prêmios de R$ 1.500,00, R$ 1.000,00 e R$ 500,00.

As condições exigidas para participar do Prêmio Nacional de Literatura dos Clubes podem ser consultadas no regulamento do concurso.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Correr dia sim, dia não é ótima estratégia para os iniciantes, diz educador físico

Foto: Shutterstock
Foto: Shutterstock

Gustavo Luz*

Muitos corredores mal começam a treinar e já querem logo completar uma maratona.

Até é possível encarar os 42 km sem treinar direito, mas vale a pena?

Na melhor hipótese, a pessoa vai conseguir terminar a prova e ter uma péssima experiência.

Na pior, se machuca.

O imediatismo e ansiedade devem ser controlados.

Nessa fase inicial de treinos, use a corrida como diversão – trace metas, procure uma prova legal, e comece com distâncias curtas para ficar com aquele gosto de quero mais.

Você não precisa ganhar ou ser melhor que ninguém.

Seu desafio é com você mesmo e só depende de você.

Muitos corredores começam a treinar por conta própria.

A ideia é ganhar algum condicionamento e, quem sabe, perder alguns quilinhos, para então ingressar na academia ou na equipe de corrida para contar com ajuda profissional.

Mas, na verdade, o ideal seria buscar esse auxílio desde o início, já que treinar sem controle de distância e intensidade pode acabar te machucando, transformando o entusiasmo inicial em frustração.

Para evitar que uma lesão se aproxime correr dia sim dia não é uma ótima estratégia para os iniciantes, já que essa freqüência é suficiente para desenvolver o hábito de treinar e cria as adaptações físicas necessárias à corrida.

Além disso, uma grande parte dos corredores amadores, em todos os níveis, rende mais quando corre em dias alternados.

O dia de descanso entre os treinos ajuda o corpo a se recuperar e ganhar força.

*GUSTAVO LUZ

É educador físico formado pela Estácio de Sá, treinador de corrida e triatlo desde 2006 e praticante há quase 20 anos. Diretor técnico da G-LUZ Top Team vive atento a tudo que se refere à fisiologia do exercício. Também fala com conhecimento empírico de quem está sempre frequentando as competições.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Conheça os novos cursos EAD da USC, programe sua participação

Foto: Shutterstock
Foto: Shutterstock

A Universidade Sindi-Clube (USC) inicia, em julho, uma nova fase de atuação, com oferta de ensino a distância (EAD) em novos cursos que dão ao aluno a possibilidade de poder estudar quando e onde quiser, no horário mais adequado para ele e para o clube.

Além dessa flexibilidade, os cursos da USC oferecem interatividade, com tecnologia de ponta.

Para os meses de julho, agosto e setembro estão inicialmente disponíveis quatro cursos em EAD: Atendimento ao associado, Analista financeiro júnior, Analista financeiro – pleno e júnior e Analista de Recursos Humanos – júnior, pleno e sênior.

Os conteúdos e inscrições para esses cursos são obtidos no portal do Sindi-Clube (www.sindiclubesp.com.br), em Universidade/Cursos.

Clubes de todo o país podem participar.

Todos os cursos da plataforma EAD estão com 20% de desconto sobre o preço de tabela.

Dependendo do valor, o pagamento pode ser parcelado.

Saiba mais sobre os conteúdos e faça inscrições no portal do Sindi-Clube.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Clubes de Leitura movimentam agenda literária dos clubes

No Clube Alto dos Pinheiros, “Meu nome é vermelho”, de Orhan Pamuk, às 15h
Clube Alto dos Pinheiros discute o livro “Meu nome é vermelho”

Sucesso entre as agremiações participantes, os Clubes de Leitura seguem movimentando a agenda de quem se interessa por literatura.

Em 22 de junho, estão programadas três reuniões.

“Cem anos de solidão”, de Gabriel Garcia Marquez será tema de discussão entre os associados do Círculo Militar, às 14h30.

No Clube Alto dos Pinheiros, o livro a ser debatido será “Meu nome é vermelho”, de Orhan Pamuk, às 15h.

Às 19h30, associados do Clube Jundiaiense discutem “Uma autobiografia”, de Rita Lee.

Duas reuniões, em 24 de junho, encerram a semana literária dos Clubes de Leitura.

“A resistência”, livro de Julián Fuks será tema no São Paulo Futebol Clube e Associação “A Hebraica”, às 15h e 16h, respectivamente.

O Blog do Sindi-Clube divulga semanalmente a programação dos Clubes de Leitura.Departamentos culturais de clubes interessados em montar novos grupos de difusão literária obtêm mais informações pelo telefone (11) 5054-5464.

Visite o portal  e curta a página do Sindi-Clube no Facebook para saber mais de assuntos que interessam ao seu clube.