Obrigado pela audiência em 2015!

CartãoNatal 2015

2015 chegou ao fim e o Blog do Sindi-Clube agradece a todos que acompanharam nosso conteúdo ao longo deste ano.

As mais de 31 mil visualizações fizeram o blog bater seu recorde de audiência desde sua criação, em 2012.

Procuramos sempre manter os clubes, seus associados e todos que tem interesse, informados com textos, notícias e artigos relacionados ao setor.

Que 2016 seja de muito sucesso e prosperidade para todos.

Esperamos continuar agradando ao público que prestigia nosso trabalho.

Feliz Ano Novo!

2016 terá poucos feriadões e muitas datas que caem em fins de semana

shutterstock_60838927

2016 está chegando e com ele vem um misto de feriados que caem em dias que não oferecem chance de folga prolongada e em fins de semana.

Ao contrário de 2015, poucas datas comemorativas poderão ser esticadas até o sábado e domingo e nenhuma cairá na segunda-feira.

O ano começa sempre com um feriado, do dia 1º, que, desta vez, cai na sexta-feira.

Além dele, só a Paixão de Cristo (25 de março) será nesse mesmo dia da semana.

A quinta-feira, que possibilita prorrogar a folga, terá Tiradentes (21 de abril) e Corpus Christi (26 de maio).

Já o meio da semana será de muito descanso.

As quartas-feiras receberão quatro feriados: Cinzas (10 de fevereiro), Independência do Brasil (7 de setembro), Nossa Senhora Aparecida (12 de outubro) e Finados (2 de novembro).

A terça recebe o Carnaval (9 de fevereiro), que depende de lei municipal para ser considerado um dia de folga, e a Proclamação da República (15 de novembro).

Aos sábados e domingos teremos: Páscoa (25 de março), Dia do Trabalho (1º de maio), 9 de julho, Consciência Negra (20 de novembro) e Natal (25 de dezembro).

Acompanhe abaixo a relação das datas que serão feriados e as que dependem de lei municipal para tanto.

Feriados Nacionais:

  • 1º de janeiro, Confraternização Universal, sexta-feira.
  • 25 de março, sexta-feira da Paixão de Cristo.
  • 21 de abril, Tiradentes, quinta-feira.
  • 1º de maio, Dia do Trabalho, domingo.
  • 7 de setembro, Independência, quarta-feira.
  • 12 de outubro, Nossa Senhora Aparecida, quarta-feira.
  • 2 de novembro, Finados, quarta-feira.
  • 15 de novembro, Proclamação da República, terça-feira.
  • 25 de dezembro, Natal, domingo.

Feriado estadual em São Paulo
9 de julho, Revolução Constitucionalista de 1932, sábado.

Há ainda as comemorações festivas e religiosas que dependem de lei municipal para sua proibição ao trabalho:

  • 6 de janeiro, Santos Reis, quarta-feira.
  • 9 de fevereiro, terça-feira de Carnaval.
  • 10 de fevereiro, quarta-feira de Cinzas.
  • 27 de março, Páscoa, domingo.
  • 5 de maio, Ascensão do Senhor, quinta-feira.
  • 15 de maio, Espirito Santo (Pentecostes), domingo.
  • 26 de maio, Corpus Christi, quinta-feira.
  • 13 de junho, Santo Antonio, segunda-feira.
  • 24 de junho, São João, sexta-feira.
  • 29 de junho, São Pedro e São Paulo, quarta-feira.
  • 15 de agosto, Assunção de Nossa Senhora, segunda-feira.
  • 8 de setembro, Natividade de Nossa Senhora, quinta-feira.
  • 1º de novembro, Todos os Santos, terça-feira.
  • 20 de novembro, Consciência Negra, domingo.
  • 8 de dezembro, Imaculada Conceição, quinta-feira.

Os municípios, por meio de lei, poderão declarar feriado a data de sua fundação.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Repousar ouvindo música lenta ajuda na recuperação após o exercício físico

Foto: Shutterstock
Foto: Shutterstock

Turíbio Barros*

A recuperação pós-treino é um dos temas mais atuais na área das ciências da atividade física.

A busca de procedimentos que possam acelerar a recuperação depois de um exercício é uma das maiores preocupações dessa área de conhecimento.

Um estudo publicado este ano, na revista científica International Journal of Research in Medical Sciences, investigou os efeitos de um procedimento interessante.

Os pesquisadores estudaram 30 indivíduos (17 homens e 13 mulheres) durante a recuperação pós-atividade, submetidos à três condições diferentes:

1- repouso em silêncio absoluto
2- repouso ouvindo música rápida
3- repouso ouvindo música lenta

Durante o período de recuperação, nas três condições diferentes, foram mensurados vários índices indicadores de recuperação, como frequência cardíaca, pressão arterial sistólica e pressão arterial diastólica.

Para caracterizar o tempo de recuperação, foi determinado o tempo que os indicadores mensurados levavam para retornar aos valores previamente determinados em uma condição de repouso controle.

O repouso em silêncio absoluto ou ouvindo música rápida não alterou o tempo de recuperação.

Entretanto, os resultados obtidos mostraram uma significativa diferença no tempo de recuperação quando os voluntários se recuperavam ouvindo música lenta.

A regeneração era significativamente mais rápida nessa condição.

Como tal fato depende de um “desacelerar” dos comandos neurais a partir do sistema nervoso central, os resultados do estudo apontam para uma influência importante do relaxamento proporcionado pelo efeito da música lenta, encurtando assim o tempo de restabelecimento muscular.

*Turibio Barros é mestre e doutor em Fisiologia do Exercício pela EPM (Escola Paulista de Medicina). Foi membro do American College of Sports Medicine, fisiologista do São Paulo FC e coordenador do departamento de fisiologia do E C Pinheiros. Atualmente, escreve para o site EuAtleta e mantém seu site www.drturibio.com

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Lei paulistana de incentivo terá R$ 25 milhões, em 2016

Foto: Shutterstock
Foto: Shutterstock

Em seu segundo ano de vigência, a lei paulistana de incentivo ao esporte tem previsão de oferecer R$ 25 milhões para o desenvolvimento de projetos na capital, em 2016.

Serão beneficiadas propostas que ampliem e democratizem o acesso à prática esportiva, individual ou coletiva.

Os interessados deverão buscar patrocinadores, pessoas físicas ou jurídicas contribuintes do ISS ou IPTU, que poderão destinar até 50% do imposto pago para o esporte.

Segundo a Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação, o recebimento de projetos somente será iniciado após a definição do orçamento do município para 2016.

A verba a ser destinada à lei paulistana de incentivo corresponderá a 10% do orçamento da Seme, conforme a Lei 15.928/13, que criou o benefício ao esporte.

 Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

 

Conheça as modalidades olímpicas: judô

Sarah Menezes: ouro em Londres. (Foto: CBJ)
Sarah Menezes: ouro em Londres. (Foto: CBJ)

A judoca Sarah Menezes conquistou, no início do mês, uma medalha de bronze no Grand Slam de Tóquio.

O resultado a fez ultrapassar Nathalia Brígida no ranking geral da modalidade, por uma diferença de 100 pontos, e a tornou a brasileira com melhor classificação.

Sarah foi responsável pela primeira medalha de ouro do Brasil na Olimpíada de Londres, em 2012, e conduziu o judô nacional à melhor campanha na história da competição – foram um ouro e três bronzes que deixaram a seleção na 6º colocação geral do esporte.

Presente logo nos primeiros dias de competição dos Jogos Olímpicos do Rio, o judô é uma das maiores esperanças de medalhas do Brasil.

Os resultados recentes foram tão positivos que a modalidade está entre as dez mais procuradas para compra de ingressos.

No Pan de Toronto, realizado em julho deste ano, a seleção trouxe para casa 13 medalhas: cinco ouros, duas pratas e seis bronzes.

Além disso, no ano passado, os atletas brasileiros ficaram em terceiro lugar no quadro de medalhas do Mundial de Judô de Chelyabinsk, realizado na Rússia, com uma medalha de ouro, duas de prata e uma de bronze.

 Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Veja as fotos da premiação dos melhores atletas do ano do Pepac

IMG_0102
Jogadores premiados no futsal

Os atletas do Pepac (Programa Esportivo para Associados de Clubes), vencedores nas categorias vôlei menores e futsal, receberam na noite de 17/12 os troféus de melhores do ano.

As fotos do evento já estão disponíveis na página do Sindi-Clube no Facebook.

Além dos eleitos pela enquete online, que recebeu 7.500 votos, os artilheiros e goleiros menos vazados do futsal também receberam troféus.

O evento lotou o auditório do Sindi-Clube, com a presença de familiares, jogadores e técnicos.

A distinção foi entregue pelo Presidente do Sindi-Clube, Cezar Roberto Leão Granieri, Betinho.

O dirigente parabenizou os ganhadores e ressaltou a alegria de premiar os jovens, que são a base da garantia de que os clubes continuam a formar atletas.

Futuro promissor

IMG_0167
Fernando Bekerman

 Fernando Bekerman, com apenas 9 anos, ganhou seu primeiro prêmio como jogador pelo ótimo desempenho nas quadras de futsal.

Fernando está muito feliz com o reconhecimento.

“É muito bom ganhar um prêmio de melhor jogador e representar meu clube, a Hebraica, no Pepac. Quero agradecer pela indicação e também a todos que votaram em mim. Jogar é uma das coisas que eu mais amo fazer”, afirma.

O pai do garoto, Renato Bekerman, incentiva a paixão filho.

“O esporte é tudo para uma criança, a porta para uma boa educação e uma vida saudável. É o início de uma vida competitiva para ele e o Pepac é um campeonato muito nivelado e bem disputado, então é legal para ele ganhar”, ressalta.

Formando campeões

Das cinco categorias disputadas no vôlei menores, quatro foram vencidas por atletas do Sport Club Corinthians Paulista.

IMG_0258
Maria Isabel Butruce

A atleta Maria Isabel Butruce, melhor do ano no Infantil, acredita que a receita do sucesso é a dedicação dos funcionários do clube.

IMG_0162
Maria Luiza Barreis

“O Corinthians tem profissionais muito bons, que se empenham ao máximo para garantir que estejamos em alto nível”, garante.

Todas as quatro jovens pretendem seguir carreira profissional no vôlei.

“É bacana ganhar um prêmio dessa importância logo no início da carreira, pois nos incentiva a continuar e ver que estamos no caminho certo”, comenta Maria Luiza Barreis, vencedora na categoria Iniciante.

 Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Veja as fotos da animadíssima festa que premiou atletas do vôlei do Pepac

festa pepac 2015 BLOG

Não faltou animação na festa que premiou com troféus e medalhas as jogadoras associadas de clubes que participaram da 17ª edição do torneio de vôlei máster do Pepac (Programa Esportivo para Associados de Clubes).

A grande confraternização, que reuniu 800 atletas no salão de festas do Círculo Militar de São Paulo, foi realizada na noite de 15 de dezembro, durante jantar em que todas caíram na dança.

Veja as fotos dessa comemoração no Facebook do Sindi-Clube.

As mais de 360 imagens mostram a alegria e a união dos atletas e técnicos do torneio, ao celebrar mais um ano de muitas conquistas para os clubes participantes.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

É iniciante na corrida? Confira as três dicas para evoluir e não se machucar

shutterstock_107813660

Gustavo Luz*

Se você é um corredor iniciante e ainda não se sente completamente preparado para a vida de treinos, confira abaixo três dicas para não errar na hora da prática esportiva.

Como começar?
Contar com a ajuda de um treinador de sua confiança é sempre bom nesse início. Se você é sedentário, é provável que passe algum tempo na caminhada ou na caminhada com corrida. Essa evolução gradual é fundamental para evitar lesões que podem tirá-lo das pistas por um tempo e acabar com a sua motivação inicial.

Corra por tempo
No começo, não se preocupe com a distância que vai percorrer no treino. Uma boa sugestão é focar no tempo de caminhada ou corrida. O mais interessante, nesse momento, é perceber que está adquirindo mais condicionamento e energia para as tarefas diárias. É possível perceber os primeiros sinais de evolução nas primeiras duas ou três semanas.

Tenha uma rotina
Busque uma rotina regular de treinos. Você não precisa e nem deve correr todos os dias nesse começo; treinar dia sim dia não funciona bem para a maioria. É importante que você faça de tudo para manter o treino na vida adulta, pois é nesse momento que a prática esportiva vai fazer toda diferença, evitando ou retardando potenciais doenças que carregamos em nossos genes e aumentando de forma efetiva a qualidade de vida.

*Gustavo Luz, educador físico, treinador de corrida e triatlo desde 2006 e praticante há quase 15 anos. Diretor técnico da G-Luz Top Team, vive atento a tudo que se refere a fisiologia do exercício. Também fala com o conhecimento empírico de quem está sempre frequentando as competições.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Diretor do Sindi-Clube lança livro sobre expressões idiomáticas inglesas

DSC_0006

Para falar corretamente uma língua é necessário ter conhecimento aprofundado, principalmente quando no caso do inglês.

O idioma, considerado universal, contém várias expressões informais que podem ser verdadeiras armadilhas para quem está aprendendo.

O domínio do inglês tornou-se ponto fundamental no currículo de quem deseja um bom emprego, além de imprescindível no mundo dos negócios, para viagens e estudos.

DSC_0003
Carvalho e Marconi

Para quem aumentar o conhecimento desse idioma, o diretor regional do Sindi-Clube de São José do Rio Preto, Pérsio Marconi, lançou o livro Dicionário de Expressões Idiomáticas Inglesas, em parceria com o professor Alfredo Leme Coelho de Carvalho.

Na obra, encontram-se termos presentes no cotidiano da língua, mas que não estão presentes em dicionários comuns.

O livro é da editora Vitrine Literária.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.

Conheça as modalidades olímpicas: hóquei sobre grama

Hóquei masculino; vaga assegurada para 2016. (Foto: Rio 2016/ Alexandre Loureiro)
Hóquei masculino; vaga assegurada para 2016. (Foto: Rio 2016/ Alexandre Loureiro)

A estreia do Brasil em disputas olímpicas de hóquei sobre grama será na Rio 2016.

A modalidade está no programa desde 1908. Pouco tradicional no país, o esporte ainda está engatinhando por espaço nas competições.

A equipe masculina conquistou a sua tão desejada vaga olímpica ao fazer história com a quarta colocação no Pan de Toronto, no Canadá.

Para se garantir em 2016, precisava ficar, pelo menos, entre os seis melhores.

Já a equipe feminina não atingiu a classificação necessária.

As argentinas, atuais vice-campeãs olímpicas e bicampeãs mundiais, dominam o esporte nas Américas.

Em novembro, o time masculino renovou as esperanças por bons resultados ao garantir o título do Torneio Internacional, em Deodoro, no evento-teste para a Olimpíada de 2016.

Antes, em campanha invicta, as duas seleções da categoria adulta conquistaram a medalha de ouro no torneio Pan American Challenge, realizado no Peru, em outubro.

A conquista vale vaga para a Copa Pan-Americana, que será disputada nos Estados Unidos, em 2017. O Brasil ocupa 32ª posição do ranking mundial.

Visite o portal do Sindi-Clube e saiba mais de assuntos que interessam ao seu clube.